Após verbas esgotadas, AHRESP pede “reforço significativo” do programa Adaptar Turismo

Após duas dotações de verbas esgotadas em dois dias, a associação que representa a restauração e a hotelaria pede um "reforço significativo" do programa Adaptar Turismo.

As candidaturas ao programa Adaptar Turismo arrancaram na semana passada, a 21 de outubro. No dia seguinte, a dotação orçamental tinha sido atingida. Após um reforço desta dotação em cinco milhões de euros, bastou novamente mais um dia para as verbas acabarem. Agora, a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) pede ao Governo um “reforço significativo” deste programa, alertando para os “múltiplos empresários” que “não conseguiram submeter a sua candidatura”.

A 21 de outubro, as micro, pequenas e médias empresas do setor do turismo puderam candidatar-se aos apoios a fundo perdido – até um máximo de 20 mil euros – que o Adaptar Turismo disponibilizou para o setor, numa dotação total de cinco milhões de euros. Contudo, no dia seguinte essa dotação tinha sido esgotada, levando o Governo a reforçar em mais cinco milhões de euros o programa.

Mas, mais uma vez, em poucas horas essa verba foi esgotada e as candidaturas encerradas, refere a AHRESP num comunicado divulgado esta terça-feira, notando a “elevada procura” por parte das empresas do setor e uma “manifesta insuficiência dos fundos alocados a este programa”.

“Devido a várias dificuldades no acesso à plataforma nos meros dois dias em que o programa esteve aberto, múltiplos empresários não conseguiram submeter a sua candidatura”, diz a associação, sublinhando que, por isso, é “absolutamente essencial que a dotação do programa seja rapidamente reforçada de forma significativa”, de forma a responder às necessidades do setor.

A AHRESP afirma que “a elevada procura pelo programa Adaptar Turismo demonstra a resiliência e determinação da atividade turística, bem como a propensão para o investimento, numa tentativa de melhorar a competitividade das empresas”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Após verbas esgotadas, AHRESP pede “reforço significativo” do programa Adaptar Turismo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião