CEO da Blackrock vê petróleo a custar 100 dólares o barril

Preço do "ouro negro" já esteve a cotar a 86 dólares nos mercados internacionais, em máximos desde 2018, mas há quem acredite que possa subir muito mais.

O preço do barril de petróleo tem estado em máximos, mas há quem acredite que a subida pode ir bastante mais longe. Atualmente, tanto o Brent como o WTI estão a cotar acima dos 80 dólares (o Brent já chegou mesmo a passar os 86), mas o CEO da Blackrock considera ser altamente provável que o preço chegue mesmo aos 100 dólares.

O barril de Brent, que serve de referência às importações nacionais, está atualmente a desvalorizar 0,28%, para 84,93 dólares, enquanto o WTI, negociado em Nova Iorque, recua 0,5%, para 83,34 dólares. Apesar destas descidas ligeiras, o “ouro negro” tem estado a subir, cotando em máximos de 2018.

Mas as subidas poderão não ficar por aqui. Larry Fink, o presidente executivo da maior gestora de ativos do mundo e um dos nomes mais influentes nos mercados, disse esta terça-feira, durante uma conferência na Arábia Saudita, que o preço da matéria-prima tem uma alta probabilidade de alcançar os 100 dólares por barril.

De recordar que, há dias, Vladimir Putin também admitiu esta escalada de preços. “É bem possível”, disse o presidente russo a 13 de outubro, durante uma sessão na Semana da Energia da Rússia, referindo-se ao petróleo a valer 100 dólares o barril. E explicou que o país e os parceiros na OPEP+ “estão a fazer tudo o que é possível para estabilizar totalmente o mercado de petróleo”.

Esta terça-feira, durante a conferência Future Investment Initiative, o CEO da Blackrock aproveitou para pedir mais colaboração entre o setor público e o setor privado para enfrentar os problemas mundiais, como as mudanças climáticas. “Ao juntar os setores público e privado, grandes mudanças globais podem ser feitas”, disse Larry Fink, citado pelo Alarabiya News.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

CEO da Blackrock vê petróleo a custar 100 dólares o barril

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião