Emirates quer recrutar 6.000 nos próximos 6 meses

Em causa está a contratação de mais pilotos e tripulação de cabine, mas também engenheiros e pessoal de terra para a sede no Dubai e outras localizações.

Com o alívio das restrições em todo o mundo e com a aceleração da vacinação contra a Covid-19, a Emirates planeia aumentar a sua equipa com 6.000 novos funcionários. O processo de recrutamento deverá acontecer já durante os próximos seis meses, sendo que podem candidatar-se profissionais de todo o mundo. Para já, não há ações de recrutamento previstas para Portugal, disse fonte da empresa à Pessoas.

“Por enquanto, candidatos de todo o mundo podem ingressar na plataforma de recrutamento e iniciar seu processo de inscrição online”, disse fonte oficial quando questionada sobre a possibilidade de a companhia avançar com alguma ação de recrutamento em Portugal, à semelhança de anos anteriores.

Em causa está a contratação de mais pilotos e tripulação de cabine, mas também engenheiros (aeronáuticos e pessoal de apoio à engenharia) e pessoal de terra (ground staff), para serem sediados no Dubai e noutros locais.

“A Emirates sempre esteve no centro do crescimento do Dubai. A nossa necessidade de mais 6.000 funcionários ilustra a rápida recuperação da economia do Dubai e conduzirá a oportunidades e outros desenvolvimentos positivos em várias outras empresas, incluindo as dos setores de consumo, viagens e turismo”, afirma Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum, presidente e chefe executivo da Emirates Airline and Group, em comunicado.

“Temos vindo a restabelecer prudentemente as nossas operações em conformidade com os protocolos de reabertura de fronteiras e de requisitos de viagem. Com os sinais positivos na recuperação económica e com o crescimento contínuo da procura, esperamos estar de volta ao ponto onde estávamos antes da pandemia a partir de meados de 2022”, continua.

A Emirates já retomou 90% da sua rede de destinos e deverá atingir 70% da sua capacidade antes da pandemia até ao final do ano. Para além disso, a companhia aérea está também a instalar aviões A380 em mais rotas e operações. Até novembro, a Emirates vai disponibilizar mais de 165.000 lugares adicionais através dos seus aviões de bandeira, os A380.

Os interessados podem saber mais sobre as funções e requisitos aqui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Emirates quer recrutar 6.000 nos próximos 6 meses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião