Expansão da FIL: “Terei de encontrar solução e vou encontrá-la”, diz Moedas

Acordo entre Governo e a Web Summit prevê a ampliação do espaço da FIL, no Parque das Nações, até 2022. Moedas promete uma resolução do diferendo entre a Câmara de Lisboa e a AIP.

Carlos Moedas promete resolver o diferendo entre a Câmara Municipal de Lisboa (CML) e a Fundação AIP, dona da FIL, para a duplicação do espaço da FIL, permitindo receber entre 100 a 140 mil visitantes durante a Web Summit já no próximo ano. Precisa é de mais tempo. “Há um diferendo entre a CML e a Fundação AIP. Vou resolver esse diferendo mas têm de me dar tempo para o resolver”, disse o presidente da CML em declarações ao ECO à margem de uma conferência de imprensa durante a cimeira de tecnologia.

“Estou há duas semanas [na presidência da autarquia] e estou a inteirar-me de todos os processos”, disse. Um deles é o diferendo relativo à ampliação do espaço da FIL, cumprindo o acordo estabelecido com a organização da Web Summit. “É um diferendo que já tinha realmente muito tempo, há uma história. Eu próprio sendo novo como presidente da Câmara posso resolvê-lo”, diz.

“Falei ontem [segunda-feira] com o ministro da Economia, falei com o Paddy Cosgrave, [vou] falar com a AIP e resolver a situação. A situação tem de ser resolvida, terei de encontrar essa solução e vou encontrá-la”, disse.

Um dos compromissos assumidos pelo Estado português e o município de Lisboa com a empresa de Paddy Cosgrave, o cofundador da cimeira tecnológica, foi a duplicação do espaço da FIL até 2022. O tema é de grande importância para a Web Summit — que se realiza em Lisboa até 2028 –, pois o crescimento da área permite receber mais expositores e visitantes, gerando mais receita.

A ampliação teve data prevista para outubro de 2021, tendo A Câmara de Lisboa feito uma adenda que estendeu o prazo para 2022. Paddy Cosgrave espera que esse compromisso seja cumprido. “Não fui informado de nada contrário”, garante em entrevista ao ECO.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Expansão da FIL: “Terei de encontrar solução e vou encontrá-la”, diz Moedas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião