Patrões do Norte lançam programa para “desafiar” 22 startups

O Desafios 5.0 vai envolver mais de mil atores do ecossistema empreendedor português. Com orçamento de 754 mil euros, AEP prevê apoiar 22 startups tecnológicas e das indústrias culturais e criativas.

A Associação Empresarial de Portugal (AEP) acaba de lançar o programa Desafios 5.0, que prevê envolver mais de mil jovens empreendedores e diversos atores do ecossistema, como empresários de referência, startups, entidades do sistema científico e tecnológico não empresarial, administração pública, municípios e outras associações empresariais.

Segundo os dados facultados ao ECO pelo organismo liderado por Luís Miguel Ribeiro, este programa envolve um investimento total de 754,4 mil euros — cofinanciado pelo Compete 2020 com uma comparticipação de 641,3 mil euros –- e prevê “apoiar o desenvolvimento de 120 ideias, culminando com a criação de 22 empresas: 11 em atividades intensivas em conhecimento e/ou tecnologia e 11 em atividades das indústrias culturais ou criativas”.

A aposta no empreendedorismo justifica-se pelo facto dos empreendedores de hoje serem os empresários de amanhã. É um trabalho de continuidade, enquadrado na missão da AEP.

Luís Miguel Ribeiro

Presidente da AEP

Lançado para “promover o espírito empreendedor dos jovens do Norte e Centro” — regiões que concentram mais de metade (54%) do tecido empresarial português –, o programa Desafios 5.0 está concentrado em três ações principais, com o objetivo de “assegurar a geração de ideias inovadoras, promovendo empreendedorismo qualificado e criativo”.

  1. Call for Ideas: destinada a ideias em fase embrionária, identifica ideias, projetos e tecnologias mais promissores em múltiplos contextos. As ideias aprovadas nesta convocatória serão selecionadas para o “Level UP – Programa de pré-aceleração de ideias de negócio”. Esta ação pretende ajudar o empreendedor a compreender melhor a dinâmica do seu negócio, dando início ao seu desenvolvimento, crescimento e posterior aceleração.
  2. Call for Acceleration: destinada a start-ups em fase de constituição ou ideias em fase mais desenvolvida, identifica os projetos e tecnologias mais promissoras, preparando e capacitando os empreendedores em áreas e qualificações específicas, com um acompanhamento diferenciado, incluindo uma componente de mentoria com operadores de relevo. As ideias aprovadas nesta convocatória serão selecionadas para a participação na “Rise UP – Programa de Capacitação / Aceleração”.
  3. Call for Needs: destinada às empresas empreendedoras e com espírito de mudança, recolhe manifestações de interesse de empresas ou empresários maduros, interessados em introduzir e trabalhar processos de inovação. Esta ação desafia as empresas candidatas a participarem em atividades de matchmaking para a identificação e posterior parceria com empreendedores inovadores.

Além das abordagens a temas genéricos e transversais a todos os setores, a organização aponta que o programa vai debruçar-se sobre áreas particulares, como saúde, alterações demográficas e bem-estar; segurança alimentar, agricultura e silvicultura sustentáveis; energia segura, não poluente e eficiente; transportes inteligentes, ecológicos e integrados; ação climática, ambiente, eficiência de recursos e matérias-primas; Europa num mundo em mudança e sociedades seguras.

Luís Miguel Ribeiro, presidente da AEP.AEP

 

“Desenhámos o programa Desafios 5.0 para criar condições que facilitem a materialização das ideias em negócios e minimizem as dificuldades apresentadas por empreendedores. O objetivo é contribuir para um ambiente mobilizador e propício ao empreendedorismo qualificado e criativo, através de iniciativas empresariais que promovem soluções inovadoras aos desafios sociais e societais, com impacto significativo na melhoria do bem-estar social e no crescimento inteligente, inclusivo e sustentável”, resumiu o presidente da AEP, Luís Miguel Ribeiro.

A histórica associação empresarial sediada em Matosinhos justifica a aposta no empreendedorismo “pelo facto de os empreendedores de hoje serem os empresários de amanhã”, lembrando que atua “desde sempre” nesta área para “abrir espaço à conceção de projetos que facilitem a transformação de conhecimento em ideias de negócio”, e dando o exemplo do projeto Novo Rumo a Norte, que promove desde 2015.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Patrões do Norte lançam programa para “desafiar” 22 startups

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião