AGCS nomeia substituto de Nuno Antunes na chefia da região Ibero-LatAm

  • ECO Seguros
  • 17 Novembro 2021

Nomeado no verão de 2020 para liderar a unidade regional que unificou as operações Espanha, Portugal e América Latina (Ibero/LatAm), Nuno Antunes cede o lugar a Gianluca Piscopo.

Da esquerda para a direita: Gianluca Piscopo e Nuno Antunes

A Allianz Global Corporate & Specialty (AGCS), braço do grupo Allianz para grandes riscos industriais, anunciou um conjunto de nomeações para postos de gestão, subscrição e consultoria de risco com objetivo de “reforçar” liderança comercial em várias frentes regionais.

Entre as alterações, Gianluca Piscopo foi nomeado Diretor Executivo para a região Ibero-LatAm, com efeitos a partir de maio de 2022. Piscopo vai suceder a Nuno Antunes, que continua à frente da unidade regional até à sua substituição no próximo ano.

Piscopo, atualmente CEO de WR Berkley Espanha e Portugal, ficará sediado em Madrid. Quanto a Antunes – que ocupava o posto há cerca de ano e meio – fica a aguardar pelo que será decidido em tempo oportuno, refere a AGCS em comunicado.

No âmbito da série de nomeações, a AGCS destaca a indicação de Alfredo Alonso, que atualmente chefia a unidade regional London & Nordics. Alonso ficará com responsabilidade de Global Head of Liability (chefe Responsabilidade Civil a nível global) e assume funções com efeito imediato. Representando 20% do volume global de prémios da AGCS em 2020, a linha de negócio de Responsabilidade Civil é a maior unidade de subscrição da subsidiária de grandes riscos do grupo Allianz.

A direção geral da unidade regional London & Nordics será assumida por Nadia Côté, a partir de maio de 2022. Coté transita da Chubb, onde exerce atualmente como Head of Major Accounts Europe and International Broking Distribution.

Alonso continuará baseado em Londres e acumula as novas funções com a responsabilidade pela unidade London & Nordics que, em maio do próximo ano será entregue a Nadia Coté.

Ainda, segundo a comunicação da companhia, AGCS nomeou Max Benz para chefiar as linhas de Construção e Energia (Global Head of Energy & Construction). Benz, que transita da AXA XL, junta-se à AGCS em fevereiro de 2022. A linha de negócios Energia e Construção gerou cerca de 13% do prémio bruto da AGCS em 2020, complementa a companhia.

Dias antes das remodelações de âmbito regional e áreas funcionais, a AGCS divulgou 7,42 mil milhões de euros de prémios brutos subscritos até final de setembro de 2021, em decréscimo de 125 milhões de euros face a igual período de 2020, embora apontando incrementos de taxas nas linhas Entertainment, Financial e Property.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

AGCS nomeia substituto de Nuno Antunes na chefia da região Ibero-LatAm

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião