Meo Energia foi comercializador de luz que ganhou mais clientes em setembro

  • Lusa
  • 17 Novembro 2021

A Meo Energia foi também o comercializador com a maior percentagem de captação de clientes face à sua carteira, com ganhos líquidos de 5,3% na sua carteira.

A Meo Energia foi o comercializador com maior ganho de quota em número de clientes (mais 1,1 pontos percentuais), em setembro, e a EDP o que perdeu mais quota (menos 2,5 pontos percentuais), divulgou esta quarta-feira a ERSE.

De acordo com o Boletim do Mercado Liberalizado de Eletricidade relativo a setembro de 2021, da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), “a MEO Energia foi o comercializador com maior ganho de quota em número de clientes (1,1 pontos percentuais) e a EDP a que ganhou mais quota em termos de consumo (um ponto percentual)”, em termos homólogos.

Inversamente, “a EDP foi o comercializador que perdeu mais quota de clientes (2,5 pontos percentuais), e a Iberdrola em termos de consumo (2,5 pontos percentuais)”.

A Meo Energia foi também o comercializador com a maior percentagem de captação de clientes face à sua carteira, com ganhos líquidos de 5,3% na sua carteira, e 23% dos clientes que mudaram de comercializador.

Já em termos de consumo, sobressai a EDP, com um ganho próximo de 100% do consumo que mudou de comercializador e um ganho de 0,4% relativamente à sua carteira.

Em setembro, a HEN Energia deixou o mercado de eletricidade, por ter deixado de ter condições para fornecer serviços energéticos, e os seus cerca de 3.900 clientes passaram a ser fornecidos pelo comercializador de último recurso (a SU Eletricidade), caso não optassem por mudar de comercializador.

No mesmo mês, apontou o regulador da energia, a EDP Comercial manteve a sua posição como o principal operador no mercado livre (quota de 73,8% em número de clientes e de 41% em consumo).

Apesar de a quota da EDP ter diminuído 0,1 pontos percentuais em número de clientes, face a agosto, o seu peso aumentou 0,2 pontos percentuais em termos de consumo.

A Goldenergy e a MEO Energia também registaram, em setembro, um aumento nas suas quotas em número de clientes de 0,1 pontos percentuais cada, ao passo que a Endesa, a Iberdrola, a Galp, a Axpo e o conjunto de comercializadores agrupados na rubrica “outros” mantiveram sensivelmente as suas quotas relativamente a agosto de 2021. Relativamente ao consumo, a Iberdrola registou um decréscimo de 0,1 pontos percentuais da sua quota.

Em setembro, a EDP reforçou a liderança no segmento de clientes industriais (25%), em termos de consumo, com um aumento de 0,3 pontos percentuais da sua quota de mercado, face a agosto.

Segundo a ERSE, o mercado livre alcançou um número acumulado superior a 5,4 milhões de clientes em setembro de 2021, com um crescimento líquido de cerca de 10.200 clientes face a agosto de 2021, o que representa um aumento de aproximadamente 2,2% face ao mês homólogo.

Já em termos de consumo, registou-se, em setembro, um decréscimo de 22,2 terawatts-hora (TWh) face ao mês anterior, atingindo 42.418 gigawatts-hora (GWh).

O consumo no mercado livre representava, no mês em análise, mais de 95% do consumo total registado em Portugal continental.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Meo Energia foi comercializador de luz que ganhou mais clientes em setembro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião