O frio já se começa a sentir em casa? Saiba como poupar na fatura da luz

  • Capital Verde
  • 13 Novembro 2021

Com os dias mais frios e muitos dos portugueses ainda em teletrabalho, começa a ser necessário ligar os aquecedores em casa, que são autênticos sorvedores de energia elétrica. Saiba como poupar.

Com novembro a meio e a cerca de um mês de começar o inverno, as temperaturas mais frias já se começam a fazer sentir, sobretudo em casa. Para quem permanece em teletrabalho, esta é uma realidade ainda mais evidente, já que Portugal está classificado como o 4º país da União Europeia com piores condições de isolamento térmico, segundo o Eurostat.

Na mesma análise, 20% dos portugueses admitem que não conseguem aquecer as suas casas no inverno e que têm grandes dificuldades no pagamento da fatura de eletricidade durante os meses mais frios do ano.

Tendo em conta esta realidade, a Selectra, empresa de comparação de tarifas de eletricidade e gás, reuniu algumas para aumentar a eficiência energética nas casas, de forma a enfrentar as temperaturas mais baixas sem que a fatura de eletricidade dispare.

  1. Manter uma temperatura uniforme em toda a casa, a rondar os 21ºC. Para isso, deve evitar ligar os aquecedores elétricos com temperaturas muito elevadas e programar o termóstato sempre com a mesma temperatur. Desta forma, conseguirá economizar e fazer um uso eficiente de energia.
  2. Investimento em vidros duplos. A maioria das fugas de ar acontece pelas janelas. Assim sendo, é recomendado ue, antes de comprar qualquer aparelho para aquecer a casa, invista em vidros duplos para as janelas, de modo a garantir que não há perdas de calor.
  3. Desligar ou diminuir a temperatura do termóstato à noite. Neste caso, a ideia será dar descanso ao aquecedor quando for dormir, bem como quando não estiver em casa. No entanto, se considerar que a casa arrefece muito rapidamente se não tiver algum aquecedor ligado, em vez de o desligar, diminua a sua temperatura para 15 ºC. Assim, mantém a temperatura, mas reduz o consumo.
  4. Colocar temporizadores nas tomadas elétricas. Para quem tem uma tarifa de energia bi-horária, esta dica pode ser útil pois permite programar os aquecedores para funcionarem apenas durante as horas de vazio (22h-8h), onde usufrui de preços de eletricidade mais baratos. Ainda assim, o conselho também é útil para quem tem tarifa simples, uma vez que não deixa que o aquecimento fique ligado durante muitas horas.
  5. Instalação de painéis solares. Trata-se de mais um investimento que pode valer a pena fazer, já que trará poupança a longo prazo. Apesar de termos mais horas de sol durante o verão, os painéis solares continuam a ser uma boa opção nos dias mais curtos, de inverno, porque desempenham na mesma a sua função e ajudam a que as contas se equilibrem, sem grandes subidas na fatura de eletricidade.
  6. Contratar tarifas duais (luz e gás) de energia. Ao contratar os serviços de luz e gás com a mesma comercializadora tende a ter descontos superiores e melhores condições contratuais do que se contratar os serviços individualmente. Por essa razão, deve equacionar se esta opção não será melhor para a sua carteira.
  7. Analisar os descontos de inverno das comercializadoras. Isto porque são várias as comercializadoras que, sabendo da tendência para o aumento na fatura de eletricidade durante o inverno, oferecem descontos durante os meses mais frios. O ideal será analisar estes descontos e aderir ao que se adequar melhor às suas necessidades, de modo a conseguir economizar durante esta estação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

O frio já se começa a sentir em casa? Saiba como poupar na fatura da luz

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião