Ferro Rodrigues aconselhou Costa a “não fechar as portas do PSD”

  • ECO
  • 20 Novembro 2021

O presidente da Assembleia da República lamenta que António Costa não tenha sido “proativo também a dialogar” com os social-democratas, admitindo que a geringonça não teve uma “morte digna”.

“Aconselhei-o sempre a que mantivesse as portas abertas” a negociar com o PSD. O conselho partiu de Eduardo Ferro Rodrigues e foi dirigido a António Costa, sublinhando que o primeiro-ministro devia ter sido “proativo a negociar com os partidos de esquerda, mas também a dialogar com o PSD”.

Em entrevista ao Expresso (acesso pago), o antigo secretário-geral do PS e ainda presidente da Assembleia da República perspetivou que, “atendendo ao comportamento dos parceiros da esquerda”, os socialistas devem “reivindicar claramente uma maioria absoluta” na campanha para as eleições de 30 de janeiro.

Ferro Rodrigues admite ainda que abandona o Parlamento “com amargura” porque “não foi uma morte digna” para a geringonça. “Esta crise política dá-nos a sensação de que houve um vento de insanidade que passou por algumas bancadas à esquerda, visto que o comportamento foi absolutamente irracional e mesmo irresponsável”, conclui.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ferro Rodrigues aconselhou Costa a “não fechar as portas do PSD”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião