Hoje nas notícias: certificado Covid-19, lítio e cheques para elétricos

  • Joana Abrantes Gomes
  • 30 Novembro 2021

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Na quarta-feira, o país regressa ao estado de calamidade e, com ele, a exigência de apresentação do certificado digital Covid-19 para aceder a restaurantes, mas cafés, snack-bares, esplanadas e pastelarias não são abrangidos pela medida do Governo. O decreto-lei que determina a suspensão da atividade letiva na primeira semana de janeiro omite as aulas à distância e, como tal, há colégios privados que vão recorrer a essa opção nesse período. Esta terça-feira, destaca-se ainda a Bondalti, antiga CUF, que vai testar uma nova tecnologia na purificação de lítio.

Governo exige certificado nos restaurantes, mas deixa de fora cafés e pastelarias

A partir de quarta-feira, com a entrada em estado de calamidade, o acesso a restaurantes estará condicionado à apresentação do certificado digital Covid-19, que comprove a vacinação completa ou um teste negativo. A medida, anunciada pelo Governo na passada quinta-feira, aplicar-se-á também aos fins de semana e estará em vigor até ao fim do estado de calamidade, no dia 20 de março. No entanto, refeições em cafés, snack-bares, pastelarias e esplanadas escapam a esta regra Leia a notícia completa no Jornal de Notícias (acesso pago)

Haverá colégios com aulas à distância na semana extra de férias em janeiro

Há colégios privados que estão a optar por manter as aulas à distância entre 2 e 9 de janeiro, período que corresponde à semana extra de férias para os alunos, uma vez que o decreto-lei do Governo publicado no fim de semana, ainda que determine a suspensão das atividades letivas presenciais nas escolas, é omisso sobre o ensino à distância. O mesmo se aplica à determinação do Governo que prevê que a suspensão das aulas presenciais nesse período seja compensada com menos dias de férias na Páscoa e no Carnaval — num total de cinco dias. Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado)

Bondalti aposta no lítio com nova tecnologia

A Bondalti, antiga CUF, quer “purificar” o lítio e está agora a testar essa possibilidade. Caso os resultados sejam positivos, a empresa do Grupo José Mello Saúde pretende entrar nesse mercado da eletrólise de salmoura (água saturada de sal sujeita a corrente elétrica). Ou seja, o mesmo processo químico com que já produz cloro servirá de base para essa purificação do lítio. A Bondalti está, assim, a estabelecer “parcerias com algumas empresas para fazer em Estarreja um piloto dessa tecnologia” e, ao contrário do negócio do tratamento de águas residuais, aqui não está prevista a compra de empresas. Leia a notícia completa no Jornal de Negócios (acesso pago)

Sobra meio milhão de euros nos cheques para elétricos

As candidaturas aos apoios à compra de carros e bicicletas elétricas terminam esta terça-feira, mas ficaram por atribuir 502.600 euros em incentivos, uma vez que as 7.400 candidaturas recebidas não esgotam a totalidade de verbas disponibilizadas. O montante que sobrou será, assim, redistribuído pelas várias tipologias de veículos. Tal como em anos anteriores, os veículos elétricos ligeiros de mercadorias tiveram o menor número de candidaturas aceites ou por validar (83) e, mesmo depois de o Estado ter duplicado o cheque por veículo — havia 150 vagas, cada uma por seis mil euros –, ficaram por usar 402 mil euros. Leia a notícia completa no Diário de Notícias (acesso pago)

780 mil famílias vão usufruir da tarifa social de internet

Cerca de 780 mil famílias beneficiarão da tarifa social de internet, que fornecerá, a partir de 2022, serviços de acesso à Internet em banda larga fixa ou móvel a consumidores com baixos rendimentos ou com necessidades sociais especiais. O custo do serviço será de 6,15 euros (com IVA de 23% incluído) e dá acesso a um pacote mensal mínimo de 15 gigabytes (GB). Leia a notícia completa no Dinheiro Vivo (acesso livre)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: certificado Covid-19, lítio e cheques para elétricos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião