MSC exige vacinação completa e teste aos passageiros dos cruzeiros

  • Lusa
  • 2 Dezembro 2021

A companhia esclarece que se um passageiro não estiver "totalmente vacinado a tempo da data de partida pode optar por adiar as suas férias" para uma data posterior, "ou solicitar um reembolso".

A MSC Cruzeiros anunciou que todos os seus passageiros para o inverno devem ter a vacinação completa e fazer um teste à covid-19 antes da data de embarque programada, de acordo com um comunicado divulgado esta quinta-feira.

“A MSC Cruzeiros anunciou que todos os seus passageiros para a temporada de inverno, em toda a frota, devem estar totalmente vacinados contra a covid-19 e também fazer um teste da covid-19 antes da data de embarque programada do seu cruzeiro”, lê-se na mesma nota.

Estas medidas “já estão em vigor para todos os itinerários de inverno da companhia noutras regiões e agora também todos os cruzeiros no Mediterrâneo foram adicionadas com os novos requisitos, estendendo-se, assim, aos passageiros com reservas no MSC Grandiosa e no MSC Fantasia”, adiantou a empresa.

Assim, “os passageiros que vão viajar a partir de 4 de dezembro, em qualquer um dos itinerários de inverno da companhia a bordo dos seus dois navios que operam no Mediterrâneo, agora também precisarão de estar totalmente vacinados”, sendo que para isso terão de receber “o conjunto completo de vacinas covid-19 mais de 14 dias antes do início das suas férias no mar”.

Todos os passageiros também deverão realizar um teste covid-19 nas 48 horas que antecedem o horário de partida do navio”, lê-se no comunicado.

Estas medidas aplicam-se “a todos os passageiros com 12 anos ou mais e estão no topo das normas de saúde e segurança existentes introduzidas pela MSC Cruzeiros no verão de 2020”, de acordo com a empresa.

Abrangidos ficam agora o MSC Grandiosa e o MSC Fantasia e os seus cruzeiros no Mediterrâneo nesta temporada de inverno, “além dos restantes navios da companhia a operar no norte da Europa, América do Norte, América do Sul, África do Sul e Médio Oriente”, segundo a MSC.

A companhia esclareceu ainda que “qualquer passageiro que não esteja totalmente vacinado a tempo da data de partida pode optar por adiar as suas férias” para uma data posterior, “ou solicitar um reembolso”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

MSC exige vacinação completa e teste aos passageiros dos cruzeiros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião