Grécia torna vacina contra a Covid obrigatória para maiores de 60 anos. Há multas de 100 euros por mês

A Grécia vai tornar obrigatória a vacina contra a Covid aos maiores de 60 anos. A partir de 16 de janeiro, quem não cumprir incorre numa multa de 100 euros por mês.

A Grécia decidiu tornar a vacinação contra a Covid obrigatória para todos os cidadãos com mais de 60 anos. A medida entra em vigor a 16 de janeiro e os cidadãos que se recusem ser vacinados incorrem numa multa mensal de 100 euros, por cada mês em que não receberem a vacina, avança a Bloomberg (acesso condicionado, conteúdo em inglês).

As coimas serão impostas pelas autoridades fiscais àqueles que não forem vacinados e as receitas arrecadadas serão doadas para os hospitais da Grécia que lutam contra a pandemia. O primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, disse que esta “não é uma punição”, mas antes “um imposto de saúde”.

Na Grécia há 580 mil pessoas com mais de 60 anos não vacinadas contra a Covid, sendo que em novembro apenas 60 mil se vacinaram. Nesse sentido o primeiro-ministro grego usa o exemplo de Portugal para comparar os dois países, referindo que na Grécia 83% da população desta faixa etária está vacinada contra a Covid, ao passo que em Portugal a percentagem ascende aos 98%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Grécia torna vacina contra a Covid obrigatória para maiores de 60 anos. Há multas de 100 euros por mês

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião