ECO do Dinheiro. Qual o impacto da nova variante na economia?

  • ECO
  • 6 Dezembro 2021

As economias estão mais preparadas para continuar a funcionar com as restrições da pandemia. Os economistas estão a antecipar uma ligeira travagem no PIB, mas tudo depende da gravidade da Ómicron.

  • A nova variante da covid-19 vai penalizar a economia? Veja o vídeo:

Antes mesmos de ser descoberta a Ómicron, a Europa já se tinha tornado no epicentro de uma nova vaga da covid-19. Países como a Holanda, a Áustria, a Eslováquia e a Alemanha voltaram a impor restrições ou mesmo confinamentos totais. Medidas que penalizam a atividade económica.

Os economistas já antecipam, por exemplo, que o PIB alemão estagne no quarto trimestre. Uma má notícia para Portugal, já que a Alemanha é o terceiro maior cliente das nossas exportações.

Com a Ómicron, voltaram também regras mais restritivas no tráfego aéreo, o que terá um impacto negativo no turismo, que tem um peso elevado na economia portuguesa. Há ainda o receio de que a Ómicron possa levar a novas paragens nas fábricas, nomeadamente em países asiáticos, agravando os problemas nas cadeias de abastecimento. O que, por sua vez, pode levar a mais inflação.

Por outro lado, as taxas de vacinação são muito mais elevadas e as economias estão mais preparadas para continuar a funcionar apesar das limitações. O banco de investimento norte-americano Goldman Sachs atualizou as suas previsões e reviu em baixo o crescimento da economia para 2022, mas apenas em algumas décimas. Passou de 4,6% para 4,2%.

O ISEG reviu esta segunda-feira em baixa as estimativas para o crescimento da economia portuguesa este ano. De um intervalo que ia até aos 5% passou para 4,3% a 4,5%, devido às novas limitações impostas para travar o agravamento da pandemia.

O impacto vai depender da disseminação da nova variante e, sobretudo, da capacidade das atuais vacinas para impedir sintomas graves da doença. Algo que os médicos e outros especialistas estão ainda a tentar apurar.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

ECO do Dinheiro. Qual o impacto da nova variante na economia?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião