França fecha discotecas durante quatro semanas

O primeiro-ministro francês anunciou que todas as discotecas vão fechar portas durante quatro semanas para travar a evolução da pandemia. A medida entra em vigor na sexta-feira, dia 11 dezembro.

O Governo francês acaba de impor novas restrições para travar a evolução da pandemia. O primeiro-ministro, Jean Castex, anunciou esta segunda-feira que as discotecas vão estar fechadas durante quatro semanas, a partir de 11 de dezembro, e apela ao regresso do teletrabalho.

“Fazemos isto porque o vírus está a circular mais entre os jovens, mesmo os vacinados, porque usar máscara neste tipo de espaços é muito difícil“, explicou Jean Castex.

O primeiro-ministro disse que as empresas devem pedir aos funcionários para trabalhar a partir de casa dois a três dias por semana, sempre que possível e que limitem as reuniões.

Para além do encerramento das discotecas e o teletrabalho recomendado, o primeiro-ministro francês pediu às pessoas para limitar as festas profissionais e pessoais antes do final do ano.

O uso de máscara na rua e em locais fechados é obrigatório. Apesar das novas restrições, Jean Castex especificou que não há necessidade de impor novas medidas de confinamento ou recolher obrigatório.

Em relação à vacinação das crianças, o primeiro-ministro francês disse que as crianças mais vulneráveis, como as crianças com excesso de peso, podem ser inoculadas a partir de 15 de dezembro.

Nas últimas 24 horas, França registou 42.252 novos casos de Covid-19 e 49 mortes, de acordo com o Santé Publique France. O país já tem confirmados 25 casos da nova variante, a Ómicron.

(Notícia atualizada às 19H00 com mais informação)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

França fecha discotecas durante quatro semanas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião