Portugal com 69 casos da variante Ómicron e possível circulação comunitária

  • Lusa
  • 14 Dezembro 2021

Existe uma "tendência crescente na proporção de casos positivos com falha do gene S", que permite identificar a variante Ómicron, desde o dia 6 de dezembro, segundo o INSA.

Portugal regista 69 casos da variante Ómicron do coronavírus SARS-CoV-2, com os últimos dados a revelarem uma “tendência fortemente indicadora da existência de circulação comunitária”, avançou esta terça-feira o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

“Até à data, estão identificados um total de 69 casos da variante Ómicron por pesquisa dirigida de mutações e/ou sequenciação do genoma viral”, refere o relatório do INSA sobre a diversidade genética do SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19.

Segundo o instituto, no âmbito da monitorização em tempo-real da “falha” na deteção do gene S, que permite identificar a variante Ómicron, realizada em colaboração com diversos laboratórios, foi possível reunir os dados referentes ao período de 25 de novembro a 12 de dezembro.

“Esta análise aponta para uma tendência crescente na proporção de casos positivos com falha do gene S desde o dia 6 de dezembro, atingindo uma frequência relativa de 9.5% no dia 12 de dezembro”, adianta o relatório.

De acordo com o INSA, esta tendência, em particular a observada nos últimos três dias, é “fortemente indicadora da existência de circulação comunitária da variante Ómicron neste período, em forte paralelismo com o cenário observado em outros países” que estão a utilizar a mesma abordagem para vigilância desta variante, caso da Dinamarca e do Reino Unido.

Esta nova variante, classificada como “preocupante” pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, em 24 de novembro, foram notificadas infeções em mais de 60 países de todos os continentes, incluindo Portugal.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal com 69 casos da variante Ómicron e possível circulação comunitária

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião