Variante Ómicron pode ser quatro vezes mais transmissível do que a Delta

A variante Ómicron é 4,2 vezes mais transmissível na sua fase inicial do que a variante Delta, conclui um estudo feito pelo cientista japonês Hiroshi Nishiura, que ainda não foi revisto por pares.

A variante Ómicron é 4,2 vezes mais transmissível na sua fase inicial do que a variante Delta, segundo um estudo do cientista japonês Hiroshi Nishiura, que analisou dados do genoma do vírus em pacientes sul-africanos da província de Gauteng, avança a Bloomberg (acesso pago).

A variante “escapa mais à imunidade adquirida naturalmente e através das vacinas ainda mais”, apontou Nishiura, que assessora o governo japonês, durante a apresentação das conclusões do estudo numa reunião do painel consultivo do Ministério da Saúde do Japão na quarta-feira. Este estudo ainda não foi revisto de forma independente por pares nem publicado numa revista científica.

Em África do Sul, menos de 30% da população tem a vacinação completa contra a Covid-19 e “muitas pessoas provavelmente foram infetadas naturalmente”, pelo que o cientista japonês sublinha que é preciso prestar atenção “às tendências futuras para ver se o mesmo acontecerá em países onde as vacinas de mRNA são amplamente usadas”.

Em causa está a variante B1.1.529, também designada por Ómicron, que foi identificada pela primeira vez na África Austral e que está gerar preocupação na comunidade científica por ter um número “extremamente elevado de mutações”. Esta estirpe apresenta 32 mutações na proteína “spike”, também conhecida por proteína do “espinho”, que serve de base ao nome coronavírus e é a parte do vírus usada por muitas das vacinas para proteger as pessoas contra a Covid-19.

Apesar das preocupações em torno desta nova variante, que tem levado a uma subida de casos de infeção por Covid-19 na África do Sul, este aumento não tem gerado uma pressão significativa sobre os hospitais, pelo que os cientistas estão otimistas de que esta estirpe possa desencadear apenas sintomas ligeiros.

A Pfizer e a BioNTech revelaram esta semana que uma dose de reforço da sua vacina pode fortalecer a proteção contra esta variante. Em Portugal, há já 34 casos identificados e associados a esta estirpe.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Variante Ómicron pode ser quatro vezes mais transmissível do que a Delta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião