Portugal vai alargar dose de reforço contra a Covid a maiores de 50 anos

  • ECO
  • 14 Dezembro 2021

A Direção-Geral de Saúde vai alargar a administração de uma dose de reforço da vacina contra a Covid-19 a todas as "pessoas com mais de 50 anos", revelou Lacerda Sales.

A Direção-Geral de Saúde (DGS) vai alargar a administração de uma dose de reforço da vacina contra a Covid-19 a todas as “pessoas com mais de 50 anos”, revelou esta terça-feira o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, avança a SIC Notícias (acesso livre).

“A atualização da norma da DGS 002/2021 será efetuada durante o dia de hoje [terça-feira, 14 de dezembro], passando a faixa de elegibilidade dos igual ou mais de 65 anos para os 50 anos ou mais”, afirmou Lacerda Sales, à margem da cerimónia da tomada de posse do primeiro bastonário da Ordem dos Fisioterapeutas, António Lopes, citado pela estação de televisão.

No entanto, o secretário do Estado Adjunto e da Saúde não adiantou uma data para o arranque do reforço nesta faixa etária. Entretanto, a DGS já publicou a atualização à norma. Em comunicado, a entidade liderada por Graça Freitas revela ainda que o auto-agendamento da vacinação contra a Covid-19 para pessoas com 60 ou mais anos arranca na quarta-feira, “sendo posteriormente alargado até à faixa etária dos 50 ou mais anos”.

Esta decisão é justificada pelo facto de os dados nacionais e internacionais sugerirem “uma diminuição da efetividade das vacinas Covid-19 contra a infeção, sobretudo seis meses após ter sido completado o esquema vacinal primário, embora, de acordo com os dados atuais, a efetividade contra a doença grave se mantenha”, lê-se na nota de imprensa.

Até ao momento, apenas os maiores de 65 anos estavam elegíveis para receberem uma dose de reforço, bem com as pessoas com mais de 18 anos inoculadas com a vacina de dose única da Jassen e bombeiros envolvidos no transporte de doentes, profissionais de saúde e trabalhadores em lares, independentemente da idade. Além disso, os cidadãos com certas comorbilidades, independentemente da idade, estão também elegíveis para receberam uma dose extra contra a Covid.

Por fim, a DGS revela ainda que foi atualizada a norma 006/2021, por forma a alargar a vacinação gratuita da gripe para as “pessoas com idade entre os 60 e os 64 anos”. Até ao momento, já foram vacinadas 2,2 milhões de pessoas contra a gripe, das quais 1,7 milhões acima dos 65 anos.

(Notícia atualizada pela às 20h48 com o comunicado da DGS)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal vai alargar dose de reforço contra a Covid a maiores de 50 anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião