BRANDS' PESSOAS Nomadismo digital e os seus desafios

  • PESSOAS + EY
  • 20 Dezembro 2021

Beatriz Marques, Senior Consultant EY, People Advisory Services, explica o conceito de nomadismo digital e as oportunidades e desafios associados a este estilo de vida.

Os últimos dois anos foram preenchidos de mudanças abruptas, de incertezas e complexidade, mas também, momentos de novas oportunidades, onde repensámos e redefinimos a forma como vivemos e trabalhamos.

É notório que ao nível das organizações, muitas das tendências projetadas para o futuro, acabaram por se antecipar e foram postas em prática de um momento para o outro. Uma dessas tendências está relacionada com as políticas de flexibilidade e trabalho remoto, onde o desafio atual, passa por redefinir uma política que permita manter os níveis de produtividade e qualidade do negócio em linha com as preferências e as necessidades dos colaboradores.

A realidade é que não existe uma solução única para todas as empresas e surgem assim, inúmeras possibilidades como o trabalho remoto, o trabalho híbrido e o nomadismo digital. Os dois primeiros conceitos já nos são mais familiares, pelo que importa destacar o terceiro.

trabalho remoto

O nomadismo digital é um dos efeitos provocados pelo trabalho remoto. Mais do que trabalhar de forma remota é um estilo de vida, uma vez que concilia a possibilidade de estar em diversos lugares do mundo ao mesmo tempo que se trabalha, fazendo uso apenas da tecnologia e do acesso à internet.

"Um nómada digital é tipicamente uma pessoa que gosta de colecionar experiências e vivenciar diferentes culturas. É alguém que preza valores como a liberdade, flexibilidade, autonomia e acima de tudo, o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal.”

Beatriz Marques

Senior Consultant EY, People Advisory Services

Sem dúvida que este fenómeno é possível porque as condições tecnológicas atuais têm-se mostrado favoráveis. Apesar dos protocolos de segurança, trabalhar diretamente na “nuvem” tem sido cada vez mais possível, existem ferramentas de comunicação como o Teams, Google Meet, entre outras, cada vez mais eficazes e instantâneas, sem falar nos laptops mais compactos e poderosos, bem como a conexão à Internet, que com a chegada do 5G, amplificam ainda mais os nossos horizontes.

Pode-se cair na tentação de associar os nómadas digitais a profissionais que largam tudo para ir viver o sonho de viajar pelo mundo. Este não é o verdadeiro conceito. Um nómada digital é tipicamente uma pessoa que gosta de colecionar experiências e vivenciar diferentes culturas. É alguém que preza valores como a liberdade, flexibilidade, autonomia e acima de tudo, o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal.

Entre os profissionais mais comuns adeptos desta forma de trabalhar, surgem os freelancers, programadores, designers, empreendedores, mas a verdade é que com a evolução das novas formas de trabalhar, este estilo de vida começa a ganhar destaque em muitos outros contextos organizacionais.

nomadismo digital

Quais são os desafios associados ao nomadismo digital?

Um dos principais desafios para os nómadas digitais é terem presente que mesmo estando a viajar pelo mundo, têm a responsabilidade de se manter focados e dedicados ao trabalho. Para que tudo isto seja possível, é necessária uma enorme capacidade de organização e planeamento. Assim, devem ser assegurados alguns cuidados base, tais como:

  1. Verificar previamente os espaços de trabalho/alojamento e o acesso à Internet para a realização do trabalho remoto;
  2. Implementar uma disciplina e uma rotina fixa de trabalho que permita responder com produtividade e qualidade;
  3. Acautelar as diferenças horárias para não causar impacto negativo na interação com colegas e clientes;
  4. Fortalecer as relações interpessoais através de um contacto próximo e rituais que asseguram a cultura organizacional e o lado humano.

Para os nómadas digitais surgem aos poucos novas possibilidades, cabe agora às organizações continuar este caminho de transformação e adotar/permitir estas práticas para dar resposta às necessidades e aos novos interesses dos colaboradores.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Nomadismo digital e os seus desafios

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião