Portugal volta a estar na lista alemã de países de alto risco

A Alemanha adicionou esta quinta-feira Portugal à lista de países considerados de alto risco de transmissão da Covid-19. Medida entra em vigor à meia-noite do próximo sábado.

A Alemanha adicionou esta quinta-feira Portugal à lista de países considerados de alto risco de transmissão da Covid-19. Esta decisão inclui os Açores e a Madeira e entra em vigor à meia-noite do próximo sábado, 25 de dezembro.

Segundo a atualização realizada esta quinta-feira pelo Ministério da Saúde alemão, isto significa que os passageiros provenientes de Portugal estão obrigados a registarem-se antes de viajar e a cumprir um período de quarentena de 10 dias, que pode ser evitado em caso de apresentação de um certificado de vacinação, de prova de recuperação da doença ou de um teste negativo à Covid-19.

De acordo com as regras impostas pelo governo alemão, o certificado digital deve ser carregado no site onde é efetuado o registo antes da viagem, devendo ser facultados os dados de contacto e a morada de destino. Contudo, caso o passageiro não apresente um certificado, terá de cumprir uma quarentena de 10 dias, que pode ser reduzida caso obtenha um teste negativo à covid-19 após o quinto dia de isolamento.

“Assinalamos que 17 Estados-membros da UE estão, ao dia de hoje, classificados como regiões de alto risco”, responde fonte oficial do Ministério do Negócios Estrangeiros em relação à decisão alemã, depois de recordar que “a variante Ómicron é muito contagiosa, obrigando os países a tomar medidas restritivas da mobilidade”.

Além de Portugal, também Chipre, Finlândia, Mónaco, Espanha (incluindo as ilhas baleares e as Canárias) e os Estados Unidos entraram para esta lista de países considerados de alto risco, pelo que os passageiros que estiveram nos últimos 14 dias num destes países também estão sujeitos a cumprir estes requisitos.

Em contrapartida, a Áustria, o Belize, a Bósnia, a Malásia e a Sérvia deixam de ser considerados países de alto risco, dada a melhoria da situação epidemiológica, pelo que deixam de estar sujeitos a estas regras.

Quanto à lista de países com variantes consideradas de preocupação e, também, por isso, sujeitas a regras específicas para efeitos de entrada em território alemão não há alterações.

Estas medidas entram em vigor à meia-noite do próximo sábado e vai vigorar até à meia-noite de 3 de janeiro de 2022.

(Notícia corrigida às 11h18 de sexta-feira, 24 de dezembro, com a indicação de que os passageiros provenientes de países de risco, como Portugal, ficam isentos de quarentena se apresentarem um certificado de vacinação, de recuperação ou de testagem à Covid. Pedimos desculpa aos leitores e aos visados)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal volta a estar na lista alemã de países de alto risco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião