Fundo Ambiental já está a pagar aos ex-trabalhadores da Central do Pego

Um total de 25 ex-funcionários da Central Termoelétrica do Pego candidataram-se à mecanismo de compensação remuneratória, que está em vigor durante um ano e implica frequentar ações de formação.

O Fundo Ambiental anunciou esta quinta-feira que já efetuou o primeiro pagamento da compensação remuneratória aos 25 trabalhadores da Central Termoelétrica do Pego que se candidataram ao chamado Mecanismo de Compensação para uma Transição Justa.

Esta ajuda transitória, em vigor até encontrarem novo emprego, com limite a 31 de dezembro de 2022, corresponde ao valor médio anual do vencimento líquido, incluindo subsídios de férias e de Natal. E implica a frequência de ações de formação do IEFP por parte dos antigos quadros da central que deixou de produzir eletricidade com recurso à queima de carvão.

Além deste mecanismo remuneratório, que foi anunciado no final de novembro e tem uma dotação máxima estimada de 3,5 milhões de euros, o Governo indica que, “a pensar na criação de emprego na região do Médio Tejo”, já abriu o aviso “Diversificação Económica para uma Transição Justa”, destinado a empresa que empreguem trabalhadores da região.

A tutela já estimou que este apoio a novos investimentos focados nas áreas da mobilidade sustentável, energias renováveis, economia circular, biotecnologia ou noutras tecnologias limpas deverá criar 600 a 700 postos de trabalho nas zonas geográficas próximas do município de Abrantes.

“Aguardam-se também os resultados do concurso para atribuição de reserva de capacidade de injeção na rede elétrica de serviço público do Pego”, cujo prazo para a apresentação de candidaturas termina a 17 de fevereiro, acrescenta uma nota divulgada esta tarde pelo Ministério do Ambiente e da Ação Climática.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fundo Ambiental já está a pagar aos ex-trabalhadores da Central do Pego

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião