Impresa conclui venda de posição na Lusa por 1,25 milhões de euros

A Impresa anunciou a conclusão da venda de uma participação de 22,35% no capital da Lusa à Páginas Civilizadas.

A Impresa vendeu à Página Civilizadas uma participação de 22,35% no capital social da agência Lusa por 1,25 milhões de euros. A informação consta de um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“A Impresa informa que celebrou, nesta data, com a Páginas Atualizadas o contrato de compra e venda definitivo, pelo qual foram transmitidas 476.064 ações, cada uma com o valor nominal de 2,50 euros, representativas de 22,35% do capital social da Lusa – Agência de Notícias de Portugal, pelo preço de 1.250.000,00 euros“, lê-se na nota divulgada esta sexta-feira.

A dona da SIC e do Expresso explica que esta alienação foi realizada no âmbito do plano estratégico para o triénio compreendido entre 2022 e 2022 e do reposicionamento da sua atividade, com “enfoque primordialmente nas componentes do audiovisual e do digital”.

“Decorrente do valor de alienação mencionado, o qual já era conhecido à data de encerramento das contas de 2020, a Impresa incorreu em perdas, tendo, em consequência, registado imparidades ainda nas contas de 2020 no montante de 24.925 euros, tal como indicado nas notas 25 e 28 do Anexo às Demonstrações Financeiras Consolidadas em 31 de dezembro de 2020, constante do Relatório e Contas Anual de 2020″, acrescenta a empresa, no referido comunicado.

De notar que a Páginas Civilizadas é detida pelo Grupo Bel, de Marco Galinha, que em 2020 assumiu o controlo da Global Media, grupo que inclui, por exemplo, o Diário de Notícias e a TSF. Marco Galinha já tinha, de resto, uma posição (através da Global Media Group) na agência de notícias em causa.

(Notícia atualizada às 16h31)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Impresa conclui venda de posição na Lusa por 1,25 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião