Vendas da Mercedes-Benz caem 5% em 2021. Marca foi ultrapassada pela BMW

  • Filipe Maria
  • 7 Janeiro 2022

A Mercedes-Benz anunciou a venda de 2,05 milhões de veículos em 2021, menos 5% face a 2020, ficando abaixo dos 2,2 milhões da BMW, a nova fabricante automóvel mais vendida.

A Mercedes-Benz perdeu para a BMW o primeiro lugar enquanto a fabricante automóvel com mais vendas. No ano passado, a marca de Estugarda vendeu 2,05 milhões de veículos, menos 5% que em 2021, avançou esta sexta-feira a Reuters (acesso gratuito, e conteúdo em inglês).

Há cinco anos que a fabricante da Daimler era líder em número de veículos vendidos, mas foi agora ultrapassada pela BMW depois da fabricante, também alemã, anunciar mais de 2,2 milhões de veículos vendidos em 2021. Com este número recorde, a marca ultrapassou as vendas de 2019, avançou a Reuters (acesso gratuito, e conteúdo em inglês).

A marca Smart vendeu 38.514 veículos adicionais, ao passo que a Mercedes-Benz Vans registou 334.210, um aumento de 2,5% face a 2020. Já as vendas de carros elétricos dispararam mais de 90% para os 99.301 veículos. Na Europa foi onde se verificou a maior quebra na venda de ligeiros, com menos 11,2% de vendas, enquanto na China este valor foi de menos 2%, e nos Estados Unidos houve um aumento de 0,4%, anunciou a Mercedes.

No mercado português, a Peugeot foi a marca automóvel mais vendida em 2021, ultrapassando a líder há mais de vinte anos, Renault, segundo dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP). A marca francesa registou um total de 22.891 veículos vendidos, o correspondente a um crescimento de 6,5% face a 2020.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Vendas da Mercedes-Benz caem 5% em 2021. Marca foi ultrapassada pela BMW

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião