Austrália volta a cancelar visto ao tenista Djokovic

  • Joana Abrantes Gomes
  • 14 Janeiro 2022

O Governo australiano voltou a cancelar o visto ao tenista Novak Djokovic, alegando razões de "interesse público", pelo facto de o número um mundial do ténis não estar vacinado contra a Covid-19.

O Governo australiano cancelou o visto de permanência de Novak Djokovic pela segunda vez esta sexta-feira, por considerar que o tenista número 1 mundial, não vacinado contra a Covid-19, pode representar um risco para a comunidade.

A decisão foi tomada pelo ministro da Imigração australiano, Alex Hawke, que apontou, numa declaração, ter exercido o seu poder “ao abrigo da secção 133C(3) da Lei da Migração para cancelar o visto detido pelo Sr. Novak Djokovic por motivos de saúde e boa ordem, com base no interesse público de o fazer“, cita o The Guardian.

Segundo a mesma declaração, “esta decisão seguiu ordens do Circuito Federal e do Tribunal de Família a 10 de janeiro de 2022, anulando uma decisão prévia de cancelamento por motivos de equidade processual”. Tal implica que o tenista sérvio não possa voltar a receber um visto de entrada no país nos próximos três anos, uma decisão da qual Djokovic ainda pode recorrer.

Esta decisão contraria assim a ação prévia do Governo australiano de restituir o visto ao tenista sérvio, na sequência da decisão do tribunal, o que lhe permitiu permanecer no país apesar das irregularidades na obtenção do documento. Djokovic enfrenta agora a deportação.

Djokovic, que pretendia atingir o recorde de 21 títulos em torneios de Grand Slam caso ganhasse o Open da Austrália, admitiu esta semana ter prestado falsas declarações à entrada da Austrália. Espera-se que os advogados do sérvio, de 34 anos, recorram da decisão em tribunal.

Para além de erros e inconsistências na declaração de Djokovic para entrar na Austrália, soma-se a violação das diretrizes de isolamento face à Covid-19 na Sérvia. DCorona enquanto no seu país natal deu uma entrevista a um meio de comunicação social francês sabendo que testara positivo à Covid-19.

Na quarta-feira, Djokovic foi incluído no sorteio do Open da Austrália, que começa segunda-feira, e deveria jogar a sua primeira partida contra o compatriota Miomir Kecmanovic.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Austrália volta a cancelar visto ao tenista Djokovic

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião