Hoje nas notícias: Quinta vaga, casas e Rendeiro

  • ECO
  • 18 Janeiro 2022

Dos jornais aos sites, passando pelas rádios e televisões, leia as notícias que vão marcar o dia.

Portugal deverá atingir o pico da pandemia entre quinta e segunda-feira. Metade das casas em Portugal vale menos de 50 mil euros. Um quinto das vagas para estágios na função pública está por preencher. Estas e outras notícias estão a marcar a atualidade nacional.

Pico da quinta vaga pode já ter chegado

Portugal deverá atingir o pico da pandemia de Covid-19 entre quinta e segunda-feira, sendo que o número de infeções diário deverá chegar aos 50 mil casos, de acordo com as previsões da Ordem dos Médicos (OM) e do Instituto Superior Técnico (IST). A perspetiva da OM é que a letalidade continue a aumentar durante este mês, “mas não ultrapassará os 35 a 40 óbitos, a sete dias”.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Metade das casas em Portugal vale menos de 50 mil euros

Mais de metade das casas registadas nas Finanças em Portugal vale menos de 50 mil euros. De acordo com dados do Ministério das Finanças, há imóveis abaixo deste valor nos 308 concelhos, com destaque para as regiões do Interior, onde são dominantes. Contam-se ainda 2.937 casas avaliadas em mais de um milhão de euros, sobretudo nos concelhos de Lisboa, Cascais e Loulé.

Leia as notícias completas no Jornal de Notícias (acesso pago).

Contingência da Efacec no Brasil baixa para 30 milhões de euros

A sentença parcial do processo que opõe a Efacec à Companhia Paulista de Transportes Metropolitanos (CPTM) determinou a revisão em baixa do pedido indemnizatório formulado pela empresa brasileira, que ascendia a 340 milhões de reais (53,8 milhões de euros). O processo arbitral foi reduzido “a cerca de 187 milhões de reais, que correspondem a cerca de 29,8 milhões de euros ao câmbio atual. Este é o montante que consideramos contingente à data de hoje”, revelou fonte oficial da empresa.

Leia as notícias completas no Jornal de Negócios (acesso pago).

Um quinto das vagas para estágios na função pública por preencher

As 500 vagas disponibilizadas na edição de 2021 do programa EstágiAP XXI não foram totalmente preenchidas, havendo, pelo menos, 110 lugares que transitam para 2022. As vagas não preenchidas correspondem a um quinto do total e vão somar-se às 1.000 previstas na nova edição do programa de estágios da função pública destinado a jovens licenciados, perfazendo um total de 1.110 lugares. Na primeira edição (que disponibilizava 500 vagas) houve 440 candidatos que conseguiram colocação nos serviços e organismos públicos. Destes, só 260 celebraram contrato de estágio.

Leia a notícia completa no Público (acesso condicionado).

Defesa de Rendeiro acusa Interpol de divulgar foto do momento da detenção

A defesa de João Rendeiro alega que há várias inconstitucionalidades em todo o processo, sobretudo nos mandados e na detenção do ex-banqueiro. A advogada escreveu na semana passada uma carta ao presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, e ao Governo, onde refere que os direitos de Rendeiro não foram respeitados e que a sua privacidade foi violada no momento em que foi preso pelos agentes da Interpol e da polícia sul-africana. June Marks suspeita que foi a Interpol a tirar a fotografia no momento da detenção, quando Rendeiro estava de pijama. A imagem foi divulgada pouco tempo depois.

Leia a notícia completa no Correio da Manhã (acesso pago).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hoje nas notícias: Quinta vaga, casas e Rendeiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião