Rio passa à frente de Costa e direita já tem mais votos que esquerda

  • ECO
  • 25 Janeiro 2022

O PSD recolhe, neste momento, 34,4% das intenções de voto, mais seis décimas que o PS. A menos de uma semana da ida às urnas, Rio tem vantagem, portanto, em relação a Costa.

A menos de uma semana das eleições legislativas, Rui Rio tem uma vantagem de décimas em relação a António Costa, segundo a sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias, Diário de Notícias e TSF. O PSD tem, neste momento, 34,4% das intenções de voto enquanto o PS recolhe 33,8% das intenções de voto. Esta sondagem vem confirmar uma tendência avançada pela primeira vez pela sondagem da Pitagórica para a TVI/CNN Portugal que dava ao PSD 34,5% das intenções de voto, ultrapassando o PS (33,5%).

Mas há outra mudança significativa. Segundo o estudo da Aximage, a direita soma, pela primeira vez, mais votos do que a esquerda (46,8% contra 46,3%). Em maior detalhe, o Chega recolhe 8% das intenções de voto, continua à frente do Bloco de Esquerda e mantém, assim, o lugar de terceira força política mais popular.

Em quarto lugar, aparece o BE, com 6,6% das intenções de voto. Segue-se a CDU, com 4,5%, o PAN, com 3,2%, a Iniciativa Liberal, com 2,8%, o CDS-PP, com 1,6% e o Livre, com 1,4%. O trabalho de campo que sustenta esta sondagem decorreu entre 16 e 21 de janeiro e foram recolhidas 965 entrevistas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Rio passa à frente de Costa e direita já tem mais votos que esquerda

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião