Claranet deixa cair marca Bizdirect seis meses depois da compra por 12 milhões

Tecnológica passa a operar a partir de 1 de fevereiro com uma única marca, visando com isso reforçar "o seu papel, como o maior prestador de serviços de TI em Portugal."

A Claranet vai deixar cair a marca Bizdirect passando a operar com uma marca única a partir do final de janeiro. A decisão surge pouco mais de seis meses após a compra da empresa da tecnológica à Sonaecom por cerca de 12 milhões de euros.

“Nos últimos anos, fruto do nosso crescimento orgânico e da agressiva estratégia de aquisições, tornámo-nos o maior fornecedor de tecnologias de informação em Portugal, em volume de negócios”, diz António Miguel Ferreira, managing director da Claranet, citado em nota de imprensa.

“Esse não é, contudo, o nosso objetivo, mas antes uma das consequências de nos continuarmos a reinventar e a inovar, de apoiar o processo de transformação digital do país, e de manter a nossa ambição de sermos o principal parceiro tecnológico das organizações em Portugal.”

A tecnológica passa assim, a partir de 1 de fevereiro, a operar com uma marca única — Claranet — tendo deixado cair a marca Bizdirect, empresa adquirida em junho do ano passado. Na época, a operação — a 6ª aquisição realizada pela Claranet em Portugal, desde 2014 — foi justificada como estando inserida na “estratégia de crescimento da Claranet no mercado português, que passa pela aquisição de empresas relevantes para o enriquecimento do portefólio de serviços fornecidos, bem como pelo crescimento orgânico baseado na oferta de soluções tecnológicas de elevado valor acrescentado.”

Com esta unificação, a Claranet pretende reforçar “a sua marca e o seu papel, como o maior prestador de serviços de TI em Portugal.”

Com mais de 2.500 colaboradores em 10 países (Reino Unido, Portugal, Brasil, França, Alemanha, Holanda, Espanha, Itália, Suíça e EUA), 24 escritórios e 45 centros de dados, dos quais dois em Portugal, a empresa apresenta-se como maior fornecedor de tecnologias de informação em Portugal, especialista em serviços geridos de Hybrid IT, nas áreas de Hosting, Public Cloud, Networks, Aplicações, Segurança e Workplace.

A empresa prepara-se para, a partir do terceiro trimestre de 2022, se instalar no Hub Criativo do Beato, em Lisboa, num investimento na ordem dos cinco milhões.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Claranet deixa cair marca Bizdirect seis meses depois da compra por 12 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião