Galp aumenta produção de petróleo e estuda “ajuste” nos dividendos

Empresa liderada por Andy Brown dá conta de ganhos na produção e na venda de petróleo no último trimestre de 2021, com as vendas a disparem 27% na eletricidade e a recuarem 23% no gás. Ações caem 4%.

A Galp GALP 0,00% aumentou em 2% a produção de petróleo nos últimos três meses de 2021, em relação a igual período do ano anterior. Nesse período, atingiu 123 mil barris por dia em termos líquidos, impulsionada pelo comportamento no Brasil (+2%), que é a principal origem, com a atividade em Angola a baixar 5%. Já em comparação com o trimestre anterior, houve um recuo de 3% neste indicador. A empresa encontra-se a estudar um “ajuste” nos dividendos, revelou.

Estes dados constam do trading update divulgado esta quarta-feira pela empresa liderada por Andy Brown, relativo ao quarto trimestre, que irá publicar os resultados anuais a 21 de fevereiro, em que sublinha que “a produção working interest aumentou YoY, enquanto a variação QoQ refletiu a concentração de atividades de manutenção e inspeção no trimestre”.

Neste documento em que informa sobre as condições macroeconómicas, operacionais e comerciais a que esteve sujeita no quarto trimestre do ano passado, a Galp dá ainda nota de um crescimento homólogo de 22% na venda de produtos petrolíferos, de uma subida de 27% na comercialização de eletricidade e de um recuo de 23% no gás natural.

“As vendas de produtos petrolíferos beneficiaram do aumento de volumes no segmento B2B, sendo que o segmento B2C, de maior contribuição, observou uma redução nos volumes vendidos no seguimento do efeito sazonal. As vendas de gás e eletricidade refletiram sobretudo a sazonalidade do negócio”, resume a companhia.

Na componente industrial, a Galp Energia assinala que as matérias-primas processadas na refinação (-42% face ao quarto trimestre de 2020) foram “impactadas por manutenção planeada no hydrocracker e um evento não planeado numa das fornalhas da unidade de destilação atmosférica”, acrescentando que o sistema retomou as condições normais de operação em meados de dezembro. Por outro lado, a margem de refinação, que subiu para 5,6 dólares por barril, foi “suportada por um contexto internacional mais favorável, apesar das restrições operacionais do trimestre”.

Finalmente, na unidade de renováveis e novos negócios, a Galp Energia dá conta de uma geração de energia renovável de 213 GWh no último trimestre de 2021 – “refletiu o efeito sazonal das horas de luz solar, apesar do incremento de 36 MW de capacidade instalada em Espanha durante o período” –, com a capacidade instalada a progredir 4%, para 963 MW.

Cotação da Galp na bolsa de Lisboa:

Dívida e distribuição acionista

No que toca à posição financeira, na informação enviada esta manhã à CMVM, a Galp estima que a dívida líquida deve aumentar durante o quarto trimestre de 2021 e que “o forte cash flow operacional neste período “será parcialmente compensado por um aumento do fundo de maneio, principalmente relacionado com efeitos temporários de contas de margem ao final de 2021”.

“Considerando que os referidos efeitos temporários de fundo de maneio irão reverter ao longo de 2022, o Conselho de Administração da Galp irá considerar um ajuste na distribuição acionista relativa ao ano fiscal de 2021, face às linhas de orientação anteriormente comunicadas”, acrescenta a empresa de energia, que anunciará esse ajuste a 21 de fevereiro, quando forem publicados os resultados finais.

Depois da divulgação desta informação, as ações da Galp abriram a sessão na bolsa a cair quase 4%, para 9,62 euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp aumenta produção de petróleo e estuda “ajuste” nos dividendos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião