Quase 80% das maiores empresas estão em atraso na transição digital

  • ECO
  • 21 Fevereiro 2022

Entre as cerca de 50 mil empresas de pequena a grande dimensão em Portugal, 47% têm muito baixa intensidade digital e 32% baixa intensidade.

Os mais recentes dados do Eurostat revelam um continente europeu pouco competitivo no que diz respeito ao uso de tecnologias. Este cenário atinge quase 80% das maiores empresas nacionais, mas, quanto ao uso de Inteligência Artificial (IA), Portugal aparece ultrapassado apenas pela Dinamarca, revela o Público (acesso condicionado).

Em comparação com as concorrentes norte-americanas, a intensidade digital das empresas portuguesas fica 12 pontos percentuais atrás. Entre as cerca de 50 mil empresas de pequena a grande dimensão, Portugal tem 47% com muito baixa intensidade digital e 32% das empresas com baixa intensidade. Assim, 79% das empresas nacionais continuam na cauda da digitalização.

Ao nível da União Europeia, dados do Banco Europeu do Investimento mostram que a proporção de empresas que usam pelo menos uma tecnologia é de 66%, quando nos EUA é de 78%, o que se deverá às diferenças no volume de investimento em investigação & desenvolvimento.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Quase 80% das maiores empresas estão em atraso na transição digital

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião