BRANDS' ADVOCATUS Morais Leitão: uma marca feita de encontros e alianças

  • BRANDS' ADVOCATUS
  • 14 Março 2022

Nuno Galvão Teles, managing partner da Morais Leitão, recapitula a história da sociedade de advogados que é membro exclusivo em Portugal da Lex Mundi.

Da fusão entre a João Morais Leitão & Associados e a J. Galvão Teles, Bleck, Pinto Leite & Associados, surge, em 1993, a sociedade Morais Leitão, J. Galvão Teles & Associados.

Alicerçada no estilo e nos valores dos seus membros fundadores – verdadeiros precursores no que diz respeito à evolução da advocacia portuguesa e à sua adaptação às exigências da vida económica e social – aqui começa a ganhar corpo uma marca que hoje todos reconhecem como inconfundível e incontornável: a Morais Leitão.

Logo em 2001, a sociedade vê reconhecida a sua reputação ao passar a ser o membro exclusivo em Portugal da Lex Mundi, a principal rede de sociedades de advogados independentes, presente em mais de 125 países, antecipando a abertura e internacionalização do mercado jurídico português.

Nuno Galvão Teles, Managing Partner da Morais Leitão.

Em 2004, a sociedade volta a fazer uma forte aposta no seu crescimento e na sua capacitação e excelência em todos os setores do direito. Da sua fusão com a prestigiada boutique Miguel Galvão Teles, João Soares da Silva & Associados, surge a Morais Leitão, Galvão Teles, Soares da Silva & Associados – Sociedade de Advogados, RP, SP (a MLGTS).

À medida que o mundo se globaliza e que a tecnologia acelera todos os processos, também a sua evolução ganha ritmo. Em 2006, reforça a sua posição no Porto através da integração da sociedade Osório de Castro, Verde Pinho, Vieira Peres, Lobo Xavier e Associados (CPPX). Em 2008, a sociedade muda as suas instalações em Lisboa, para conseguir acompanhar o ritmo do crescimento.

“Em 2018, a Morais Leitão volta a assumir-se como Morais Leitão, o nome pelo qual é conhecida nacional e internacionalmente. Apesar de já ter perdido alguns dos seus membros fundadores e de ter crescido a um ritmo outrora inimaginável, a sociedade tem sabido manter-se fiel ao seu legado de excelência, pioneirismo e intervenção na comunidade, construindo uma cultura muito própria e bem identificada.”

Atento o interesse dos seus clientes nos países de expressão portuguesa e a necessidade de lhes assegurar, nessas geografias, um apoio jurídico com o selo de qualidade ML, é criada em 2010 uma aliança internacional de escritórios e sociedades de advogados nas jurisdições de Portugal, Angola, Moçambique e Cabo Verde, a Morais Leitão Legal Circle. Também o aumento do investimento estrangeiro em Portugal levou à criação em 2015 da French Desk e da German Desk, equipas internas com caráter multidisciplinar, constituída por advogados bilingues e com forte domínio das culturas francófonas e germanófilas.

Em 2018, a Morais Leitão volta a assumir-se como Morais Leitão, o nome pelo qual é conhecida nacional e internacionalmente. Apesar de já ter perdido alguns dos seus membros fundadores e de ter crescido a um ritmo outrora inimaginável, a sociedade tem sabido manter-se fiel ao seu legado de excelência, pioneirismo e intervenção na comunidade, construindo uma cultura muito própria e bem identificada. Mantém-se concentrada no serviço ao cliente como centro da profissão, atualizado pela inovação, tecnologia e melhores práticas e procedimentos. De acordo com os princípios, comprometeu-se com um programa exigente de responsabilidade social e ambiental, apostando na diversidade e de inclusão, o que a levou a ser ainda hoje a única sociedade de advogados certificada em Portugal enquanto Empresa Familiarmente Responsável.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Morais Leitão: uma marca feita de encontros e alianças

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião