Preço do gás natural cai quase 10% na Europa para um mínimo de fevereiro

Depois de um disparo motivado pelos conflitos na Ucrânia, os preços do gás natural começam a estabilizar e tocam valores do final de fevereiro.

Após ter atingido recordes devido à invasão russa à Ucrânia, os preços do gás natural na Europa têm vindo a descer. Porém, a notícia de que já existe um esboço de acordo entre a Rússia e a Ucrânia, avançada esta terça-feira pelo Financial Times, acelerou a descida.

Apesar de ainda não ter recuado a preços antes do início da guerra, os futuros de referência Dutch TTF do gás natural recuam 9,47%, para 104,505 euros por MWh (megawatt-hora), de acordo com os dados da Barchart. Trata-se de um mínimo de 28 fevereiro, quando fecharam a 98,595 euros por MWh.

A Rússia representa 40% das importações de gás da Europa e a perspetiva de cortar com este importante fornecedor estava a deixar os investidores europeus bastante apreensivos. O preço do gás natural chegou a atingir um novo recorde nos 320 euros por megawatt hora, na semana passada.

No entanto, os preços começaram a estabilizar com o otimismo face às negociações entre a Rússia e a Ucrânia. A queda acentuou-se nesta sessão, após ser noticiado que a Ucrânia e a Rússia fizeram progressos significativos nas negociações e já terão um esboço de plano de paz e neutralidade com 15 pontos.

A tendência está também a ser sentida nos preços do barril de petróleo, que recuam, voltando a negociar abaixo dos 100 dólares. O Brent negociado em Londres, que serve de referência para as importações portuguesas, desce 0,70%, para 99,21 dólares, depois de ter superado os 100 dólares durante a manhã.

(Notícia atualizada às 15h30)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Preço do gás natural cai quase 10% na Europa para um mínimo de fevereiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião