EDP obtém direito de ligação à rede com solar flutuante no Alqueva

  • ECO
  • 5 Abril 2022

Elétrica espera que a capacidade de ligação à rede atribuída neste processo permita instalar até 154 MW de energias renováveis.

A EDP EDP 0,66% , através da EDP Renováveis, obteve o direito de ligação à rede de eletricidade para uma capacidade de 70 MVAs no Alqueva, no leilão de solar flutuante em Portugal, com um CfD (contrato por diferenças) de -€4/MWh por um período de 15 anos.

Em comunicado enviado ao mercado, a elétrica espera que a capacidade de ligação à rede atribuída neste processo permita instalar até 154 MW de energias renováveis, incluindo 70 MW de solar PV flutuante sujeitos ao CfD acima referido e, adicionalmente, 14 MW de sobreequipamento solar e hibridização de 70 MW de capacidade eólica, ambos excluídos do CfD.

O projeto tem data de entrada em operação prevista para 2025. A EDP fala em “exemplo claro da criação de valor através da hibridização de tecnologias renováveis e da otimização da capacidade de ligação à rede elétrica”.

Ainda no âmbito deste projeto, a empresa liderada por Stilwell d’Andrade assinala ainda que vai promover a aceleração da transição energética e a descarbonização da economia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP obtém direito de ligação à rede com solar flutuante no Alqueva

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião