Carlos Tavares queria 19 milhões. Quanto recebem os gestores no mundo automóvel?

  • Filipe Maria
  • 14 Abril 2022

A compensação referente a 2021 do português Carlos Tavares foi criticada por um acionista minoritário da Stellantis, bem como sindicatos: valor faria do gestor um dos mais bem pagos na Europa.

Carlos Tavares, CEO do grupo automóvel Stellantis (fusão do grupo PSA com a Fiat Chrysler), viu chumbada a sua proposta de remuneração dos administradores, para 2022, sendo que o seu pacote salarial seria de 19 milhões de euros. O chumbo dos acionistas deveu-se ao protesto de um investidor minoritário juntamente com o de alguns sindicatos franceses, por considerarem pagamentos demasiado elevados. Como se compara a proposta de Tavares com os valores das restantes fabricantes automóveis?

O chumbo, embora não vinculativo, contabilizou 52,1% de votos contra e 47,9% de votos a favor da proposta de compensação, e o pacote inclui uma componente fixa salarial de 2 milhões de euros. Caso fosse aprovado, este pacote iria colocar Carlos Tavares como um dos gestores mais bem pagos na Europa.

Em termos da componente fixa salarial, a remuneração de Tavares ficaria em linha com a de alguns CEOs do mundo automóvel. Oliver Zipse, CEO do grupo BMW, teve uma remuneração fixa de cerca de 1,9 milhões de euros anuais em 2021, segundo dados do relatório de remunerações da empresa. Já no que toca ao salário de Luca de Meo, CEO do grupo Renault, este teve uma remuneração fixa total de 1,3 milhões de euros anuais, um valor inalterado desde julho de 2020, mas que pode alcançar até mais 150% do seu valor caso sejam cumpridas certas metas, avança relatório da empresa.

No entanto, no que respeita a valores globais, o CEO da Volkswagen Alemanha, Herbert Diess, teve direito a um total de cerca de 8,6 milhões de euros em 2021. Adicionalmente, embora as remunerações tendam a ser superiores nos Estados Unidos da América (EUA), a compensação de Jim Farley, CEO da Ford Motor, situou-se em cerca de 23 milhões de dólares, ou cerca de 21 milhões de euros, avança o Financial Times (acesso condicionado).

Segundo o relatório do investidor minoritário da Stellantis, Phitrust, Tavares poderia arrecadar até cerca de 66 milhões de euros referentes a 2021. Este valor é calculado com base nos incentivos a longo prazo e representa um valor que o acionista considerou “indecente”. Em resposta, a Stellantis criticou o valor avançado por ser “completamente falso”, visto ser assente em objetivos ainda por cumprir até 2028 e basear-se em cálculos consoante o preço atual das ações da empresa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Carlos Tavares queria 19 milhões. Quanto recebem os gestores no mundo automóvel?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião