PS anuncia subcomissão para acompanhar fundos europeus e PRR

  • Lusa
  • 21 Abril 2022

"Na legislatura anterior estava em funcionamento uma comissão eventual. Uma comissão eventual tem limitações de tempo", explicou o deputados socialista Carlos Pereira.

O PS vai apresentar um projeto para criar uma subcomissão de acompanhamento dos fundos europeus e do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), que esteja em funções durante toda a legislatura, foi esta quinta-feira anunciado.

Em conferência de imprensa, na Assembleia da República, o vice-presidente da bancada socialista Carlos Pereira considerou “absolutamente essencial” a criação daquela subcomissão, enquadrada na Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação, para a “fiscalização política” da totalidade dos fundos europeus e do Plano de Recuperação e Resiliência.

Na legislatura anterior estava em funcionamento uma comissão eventual. Uma comissão eventual tem limitações de tempo (…). A sua condição jurídica permitia apenas três meses de vigilância”, sustentou Carlos Pereira, acrescentando que a subcomissão proposta terá a duração de toda a legislatura.

O grupo parlamentar do PS equacionou a criação desta subcomissão para que “o país possa executar bem, possa executar com as prioridades certas e possa executar com transparência” os fundos provenientes de Bruxelas, acrescentou o vice-presidente.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PS anuncia subcomissão para acompanhar fundos europeus e PRR

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião