Com juros em alta, Portugal testa apetite dos investidores por dívida a 8 anos na próxima semana

IGCP espera obter até 750 milhões de euros com a operação de financiamento que realiza na próxima semana, num contexto de subida dos juros da dívida pública.

Portugal vai realizar um leilão de obrigações do Tesouro a oito anos na próxima quarta-feira, operação através da qual espera obter um financiamento até 750 milhões de euros, e que surge num contexto de aperto das condições de financiamento nos mercados internacionais.

O IGCP vai realizar no próximo dia 11 de maio pelas 10h30 horas um leilão da OT com maturidade em outubro de 2030 (OT 0,475% 18out2030), com um montante indicativo entre 500 milhões de euros e 750 milhões de euros“, adianta a entidade liderada por Cristina Casalinho em comunicado.

Esta emissão de dívida surge numa altura em que os juros das dívidas europeias estão a disparar, na sequência da escalada da inflação, acentuada pela guerra na Ucrânia, e que tem pressionado o Banco Central Europeu (BCE) a agir e a precipitar a primeira subida das taxas de referência numa década.

A yield associada aos títulos a dez anos atinge esta sexta-feira os 2,256%, o valor mais elevado desde 2017.

Os investidores estão a apostar que o BCE vai ter de aumentar as taxas de referência na Zona Euro na reunião de julho para fazer face à escalada da inflação, e depois de terminar o programa de compras de dívida.

Em declarações ao ECO, Cristina Casalinho disse esta semana que Portugal está preparado para as subidas das taxas de juro nos próximos tempos. “Estamos preparados para a subida de taxas de juro, visto nos últimos anos se ter procedido ao aumento da maturidade média da emissão de obrigações de médio e longo prazo, de modo a beneficiar de taxas de juro baixas durante o período de tempo o mais longo possível”, explicou a gestora da dívida pública.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Com juros em alta, Portugal testa apetite dos investidores por dívida a 8 anos na próxima semana

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião