Morreu antiga dirigente da UGT e deputada socialista Elisa Damião

  • Lusa
  • 7 Maio 2022

A antiga dirigente da União Geral de Trabalhadores e deputada do PS entre a V e VI legislaturas Elisa Damião morreu este sábado com 75 anos. Foi também eurodeputada entre 1999 e 2004.

A antiga dirigente da União Geral de Trabalhadores (UGT) e deputada do PS entre a V e VI legislaturas Elisa Damião morreu este sábado com 75 anos, disse à Lusa fonte do Conselho Económico e Social (CES).

Elisa Maria Ramos Damião foi deputada socialista eleita pelos círculos eleitorais de Braga (V Legislatura), Leiria (VI) e Lisboa (VII), entre 1987 e 1999, onde desempenhou o cargo de secretária da mesa da Assembleia da República.

Antiga dirigente do PS e membro do Conselho de Administração da Fundação Europeia para a Qualidade de Vida, Elisa Damião fez também parte da direção de José Manuel Torres Couto na UGT, na década de 1980.

Enquanto eurodeputada, entre 1999 e 2004, integrou a Comissão de Emprego e Assuntos Sociais e Delegação para as relações com o Canadá.

PS diz que Portugal perdeu pensadora livre e de grande capital intelectual

O PS manifestou este sábado “profundo pesar” pela morte da antiga dirigente do partido Elisa Damião, enaltecendo o “importante legado de ativismo sindical” e considerou que o país perdeu “uma pensadora livre e de grande capital intelectual”.

“Foi com profundo pesar que o Partido Socialista recebeu a triste notícia do falecimento de Elisa Maria Ramos Damião, sua antiga dirigente”, dá conta uma nota divulgada pelo partido.

O PS acrescenta que “Portugal perdeu, não só uma pensadora livre e dotada de grande capacidade intelectual, que materializou nos inúmeros artigos que publicou sobre temáticas sociais, mas também uma referência de caráter”. Elisa Damião “deixou-nos um importante legado de ativismo sindical de rara qualidade e destacada determinação”, complementa a nota.

Marcelo recorda vida dedicada às causas laborais e sociais

Também o Presidente da República expressou “grande tristeza” pela morte da antiga dirigente da UGT Elisa Damião e recordou que a antiga deputada socialista “dedicou toda a sua vida às causas dos trabalhos e dos assuntos sociais”.

O Presidente da República tomou conhecimento, com grande tristeza, da morte de Elisa Damião e apresenta à família e amigos sentidos pêsames”, dá conta uma nota divulgada na página oficial da Presidência da República na internet. Marcelo Rebelo de Sousa recordou que a antiga dirigente da União Geral de Trabalhadores (UGT) e deputada do PS “dedicou toda a sua vida às causas do trabalho e dos assuntos sociais”.

(Notícia atualizada às 16h30 com as reações do PS e do Presidente da República)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Morreu antiga dirigente da UGT e deputada socialista Elisa Damião

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião