Concurso público para levar redes ao interior arranca este ano

Pedro Nuno Santos confirmou esta quinta-feira que o Governo vai promover até ao final do ano um concurso público para instalação de redes nas zonas do país onde não há cobertura.

O ministro das Infraestruturas confirmou esta quinta-feira que o concurso público para levar “redes de alta capacidade” aos territórios onde as empresas não querem investir, devido ao mercado reduzido, vai avançar “até ao final do ano” (uma informação já avançada na semana passada pelo secretário de Estado Hugo Santos Mendes).

“O Estado assumirá o financiamento de redes de capacidade elevada em todos os locais onde os operadores não investiram ou não querem investir”, prometeu Pedro Nuno Santos, notando que, 15 anos depois do início da cobertura de Portugal com redes de comunicações eletrónicas, “o país não está totalmente coberto”.

Para o governante, as redes têm “de chegar também ao interior e aos territórios de baixa densidade”.

Pedro Nuno Santos enalteceu também o potencial da costa portuguesa para a amarração de cabos submarinos, indicando que, além da Google e do Facebook, existem “muitos outros” grupos interessados.

Numa intervenção antes do debate anual dos CEO das operadoras de telecomunicações, Pedro Nuno Santos disse que Portugal tem “150 anos” de História nos cabos submarinos, dos “cabos telegráficos” aos “cabos coaxiais”, até aos atuais cabos de fibra ótica.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Concurso público para levar redes ao interior arranca este ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião