Apple sobe 2,5% e impulsiona ganhos em Wall Street

Dados das vendas a retalho aliviaram receios de uma desaceleração da economia, animando o sentimento dos investidores em Wall Street.

O dia foi de recuperação em Wall Street, com os principais índices de referência a começar a compensar as perdas registadas nas últimas sessões. O sentimento dos investidores foi impulsionado pelos dados que mostraram fortes vendas no retalho em abril, aliviando as preocupações com a desaceleração do crescimento económico.

As vendas a retalho nos Estados Unidos aumentaram 0,9% em abril, segundo os dados divulgados esta terça-feira. Os consumidores compraram mais veículos motorizados numa altura em que se registou uma melhoria na oferta e crescimento dos gastos em restaurantes, proporcionando um forte impulso à economia no início do segundo trimestre.

O S&P 500 ganhou 2,03%, para 4.089,55 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq subiu 2,77%, para 11.986,02 pontos. Já o industrial Dow Jones avançou 1,35%, para 32.659,17 pontos.

“As fortes vendas no retalho devem limitar as preocupações com os riscos negativos para o crescimento e manter as autoridades da Fed firmemente focadas em aumentar as taxas de juros para lidar com a inflação muito alta”, disse Matthew Massicotte, economista do Citigroup, citado pela Reuters. Vai chegar o momento em que “o aumento dos preços diminuirá a procura do consumidor e diminuirá a inflação, mas por enquanto o forte vento a favor do crescimento nominal do rendimento e do crédito ao consumidor disponível está a impulsionar a procura”, explica.

As cotadas com alta capitalização bolsista destacaram-se nos ganhos nesta sessão. A Apple, por exemplo, subiu 2,45% para os 149,24 dólares e a Tesla ganhou 5,14% para os 761,61 dólares, impulsionando o desempenho dos índices.

Nota também para as valorizações nas ações do Citigroup e da Paramount, depois da Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, ter divulgado que tinha participações nas duas empresas. O Citigroup somou 7,47% para os 51,05 dólares e a Paramount ganhou 3,18%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Apple sobe 2,5% e impulsiona ganhos em Wall Street

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião