Banco do BCP na Polónia paga 55 milhões a fundo polaco para salvar bancos

  • ECO
  • 8 Junho 2022

O banco do BCP na Polónia contribuiu com 55 milhões de euros para o fundo de resolução polaco que irá salvar bancos.

O banco polaco Bank Millennium, detido em 50,1% pelo BCP, vai pagar 251,7 milhões de zlotys (moeda polaca) para o fundo de resolução da Polónia, o que corresponde a 55 milhões de euros na taxa de câmbio atual. Este valor, que é calculado com base nos depósitos que o banco tinha no final do primeiro trimestre, irá ser reconhecido nas contas de 2022, refere o banco em comunicado divulgado esta terça-feira.

O novo fundo criado pelo Governo polaco tem como objetivo garantir a estabilidade financeira do país, à semelhança do que existe ao nível da Zona Euro e de vários Estados-membros, incluindo em Portugal. No comunicado, o Bank Millennium assinala que o objetivo é “assegurar a liquidez e solvência dos bancos membros”, num total de oito bancos, incluindo o Santander, o BNP Paribas e o ING.

O valor da contribuição, que corresponde a 0,4% dos depósitos dos bancos, pode vir a mudar caso o cálculo seja determinando usando os depósitos no final do segundo trimestre, em vez do final do primeiro trimestre. Com base nos montantes atuais, o Bank Millennium deverá ficar com 8,5% do capital desse novo fundo de estabilidade polaco.

O Bank Millennium tem vindo a penalizar sucessivamente os resultados do BCP por causa do caso “Francowicze”. Na década de 2000, os polacos contraíram empréstimos em francos suíços para beneficiarem de um zloty forte e de taxas de juro baixas na Suíça. Porém, com a crise, a moeda helvética disparou no mercado cambial, agravando o valor das dívidas das famílias para níveis impagáveis. A constituição de elevadas provisões para fazer face a este caso que corre nos tribunais tem contribuído de forma negativa para os resultados.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Banco do BCP na Polónia paga 55 milhões a fundo polaco para salvar bancos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião