Fed inicia reunião que pode decidir maior subida das taxas de juro desde 1994

  • Lusa
  • 14 Junho 2022

Na reunião poderá ser decidido uma nova subida de 50 pontos base, como em maio, ou até de 75 pontos base, o que aconteceria pela primeira vez desde 1994.

O banco central norte-americano iniciou esta terça uma reunião de política monetária que deverá levar a um novo aumento das taxas de juro, que pode mesmo ser o maior em 27 anos, para conter a inflação. “A reunião do comité de política monetária teve início às 11:00 locais (16:00 em Lisboa) como previsto”, disse à AFP um porta-voz da Reserva Federal (Fed).

Na quarta-feira ao final da tarde, a Fed divulga um comunicado com as suas decisões e depois o presidente da instituição, Jerome Powell, dará uma conferência de imprensa às 19:30 (hora de Lisboa). A taxa de juro de referência da Fed, que está atualmente entre 0,75% e 1%, deve subir pela terceira vez desde março.

Depois de um aumento inicial de 25 pontos base nesse mês e de um outro de 50 pontos base em maio, agora poderá ser decidido uma nova subida de 50 pontos base ou até de 75 pontos base, o que aconteceria pela primeira vez desde 1994.

A taxa de inflação, que continuou a acelerar em maio nos Estados Unidos, atingindo 8,6% em termos homólogos, surpreendeu e marcou um novo recorde em 40 anos, segundo o índice CPI publicado na sexta-feira. Na comparação com o mês anterior, a inflação foi de 1%.

Antes da divulgação destes números, havia um consenso quanto a um aumento de 50 pontos base, “mas a publicação de dados indicando uma inflação mais alta do que o previsto em maio leva-nos a antecipar um aumento das taxas de 75 pontos base“, disseram Jay Bryson e Michael Pugliese, economistas da Wells Fargo, numa nota citada pela AFP.

Outros analistas consideram, no entanto, que um aumento dessa dimensão seria inútil e poderia ser interpretado como um movimento de pânico. A subida das taxas de juro torna mais caro o custo do crédito e deve travar o consumo, mas há também o risco de afetar o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e o emprego.

Após a reunião serão divulgadas novas previsões económicas, que atualizam as que foram publicadas em março. As previsões de inflação e de desemprego devem ser revistas em alta e as do crescimento devem baixar. A luta para conter a inflação tem sido apontada como uma prioridade pelo banco central e pelo próprio Presidente norte-americano, Joe Biden.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fed inicia reunião que pode decidir maior subida das taxas de juro desde 1994

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião