PIB dos EUA recua 1,5% no 1º trimestre, mais que a estimativa inicial

  • Lusa
  • 26 Maio 2022

Esta revisão em baixa está relacionada com alguns investimentos que foram mais baixos do que o calculado na primeira estimativa.

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos recuou no primeiro trimestre ligeiramente mais do que foi inicialmente anunciado, 1,5%, em ritmo anualizado, quando aumentam os receios de recessão.

A segunda estimativa divulgada esta quinta-feira pelo Departamento do Comércio indicou mais uma décima do que a primeira, publicada no fim de abril, quando tinha sido anunciada uma contração de 1,4% no período entre janeiro e março. Este recuo foi inesperado, num contexto de inflação elevada e exacerbada pela guerra na Ucrânia e por problemas persistentes nas cadeias de abastecimento.

Mas, ainda não se trata de uma recessão, uma vez que são necessários dois trimestres consecutivos de contração para que isso aconteça. Esta revisão em baixa está relacionada com alguns investimentos que foram mais baixos do que o calculado na primeira estimativa e que acabaram por não ser totalmente compensados pelas despesas dos consumidores, apesar de estas terem sido mais elevadas, detalhou o Departamento do Comércio.

A terceira e última estimativa será publicada no dia 29 de junho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PIB dos EUA recua 1,5% no 1º trimestre, mais que a estimativa inicial

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião