Quase um terço da energia foi consumida nas casas em 2020

Nas casas, a maior parte do consumo final de energia é coberto por gás natural (uma percentagem de 31,7%), seguido da eletricidade.

No ano zero da pandemia, 2020, as residências domésticas foram responsáveis por 27% do consumo final de energia na União Europeia, informa o Eurostat, num boletim lançado esta manhã.

Nas casas, a maior parte do consumo final de energia é coberto por gás natural (uma percentagem de 31,7%), seguido da eletricidade (24,8%). As energias renováveis cobriram 20,3% do consumo, enquanto o petróleo e produtos derivados deste combustível representaram 12,3%. Ainda há uma pequena parcela, de 2,7%, que decorre do consumo de carvão ou produtos relacionados.

Olhando à utilização que é dada à energia, o aquecimento vem em primeiro lugar, sendo responsável por 62,8% do consumo. 15,1% da eletricidade serve, ainda, para aquecer a água, e a refrigeração de divisões representa 0,4% do consumo. Neste sentido, a climatização e aquecimento da água somam 77,9% da energia final consumida nas casas.

Fora isto, o uso para iluminação e eletrodomésticos representa uma fatia de 14,5% do consumo final de energia, sendo que os principais aparelhos de cozinha exigem 6% do total da energia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Quase um terço da energia foi consumida nas casas em 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião