Taxa de desemprego sobe para 6,1% em maio

A taxa de desemprego em Portugal subiu para 6,1% em maio, aumentando em 0,2 pontos percentuais face ao registado em abril, mas uma queda de 0,8 pontos percentuais comparando com igual período de 2021.

A taxa de desemprego em Portugal subiu para 6,1% em maio, de acordo com os dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). É um valor superior em 0,2 pontos percentuais ao registado no mês anterior, mas uma queda de 0,8 pontos percentuais comparando com igual período de 2021.

Após dois meses estabilizada, a taxa de desemprego em Portugal voltou a aumentar para 6,1% em maio, isto é, um “valor superior ao do mês precedente em 0,2 pontos percentuais e ao de três meses antes em 0,3 pontos percentuais, mas inferior em 0,8 pontos percentuais ao de um ano antes”, adianta o INE.

Neste contexto, população desempregada aumentou 2,1% face a abril para 314,1 mil pessoas (mais 6,4 mil pessoas desempregadas). Relativamente a igual período de 2021, há uma queda de 12% (menos 42,9 mil pessoas desempregadas).

Dados provisórios da taxa de desemprego em maio de 2022Fonte: INE

Quanto à população empregada, foi estimada em 4.846,5 mil, isto é, um decréscimo de 0,7% face a abril (menos 32,7 mil pessoas empregadas), bem como um recuo de 0,8% face aos três meses anteriores. Não obstante, a população empregada registou um aumento de 1,3% face a igual período do ano passado.

Contas feitas, a população ativa recuou 0,5% face ao mês anterior, mas aumentou 0,3% face a igual período de 2021 para 5.160,6 mil pessoas. O INE explica estes valores com “a redução da população empregada”, bem como com o aumento da população desempregada.

Ao mesmo tempo, a população inativa aumentou 1,1% em maio face ao mês anterior, mas encolheu 1,4% face o período homólogo, estando estimada em 2.499,8 mil pessoas. O gabinete de estatísticas explica esta tendência com o “acréscimo do número de outros inativos, os que nem estão disponíveis, nem procuram emprego”, que rondam os 31 mil portugueses.

O INE reviu em alta a taxa de desemprego referente a abril. Numa nota informativa divulgada anteriormente, o INE indicava que a taxa de desemprego tinha estabilizado nos 5,8%. Agora, o instituto refere que a taxa de desemprego em janeiro terá sido de 5,9%, valor igual ao registado no mês anterior, mas inferior em 1,1 pontos percentuais verificado no período homólogo.

(Notícia atualizada pela última vez às 11h54)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Taxa de desemprego sobe para 6,1% em maio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião