BRANDS' PESSOAS Apoio à educação facilita a retenção de talento nas empresas

  • BRANDS' PESSOAS
  • 30 Junho 2022

Os vales de educação, disponibilizados por várias empresas para os seus colaboradores, têm sido a aposta de muitos empregadores que querem reter talento e manter a motivação dos seus funcionários.

Os vales de educação têm sido a aposta de várias empresas que visam incentivar o desenvolvimento dos seus colaboradores através do apoio nas despesas que estes têm com a educação, quer para eles próprios, quer para os seus filhos.

De acordo com o estudo “Social Vouchers: Innovative Tools for Social Inclusion and Local Development”, desenvolvido pela OCDE, este contributo é muito importante do ponto de vista da responsabilidade social, uma vez que os colaboradores têm vindo a valorizar, cada vez mais, empresas conscientes e com as quais se identifiquem.

Além de conseguirem corresponder às expectativas dos colaboradores, as empresas que disponibilizam formação e que contribuem para a educação dos seus funcionários pretendem, também, conseguir captar e reter talento, algo que se tem vindo a demonstrar difícil devido altos níveis de competitividade no mercado de trabalho atual, sobretudo em áreas como o digital.

Ainda assim, é precisamente essa dificuldade que tem feito com que um número cada vez maior de empresas esteja empenhado em motivar e desenvolver as capacidades dos seus colaboradores, a fim de conseguir ter um leque de profissionais devidamente qualificados e felizes que prestam o melhor serviço possível aos clientes.

O investimento em formação mostra-se, por isso, fundamental, não só para os colaboradores, mas também para as próprias empresas. Isto porque, ao investirem na formação da sua equipa, as empresas, além de viabilizarem a requalificação de profissionais para áreas com maiores escassez (como as digitais), estão também a aumentar as competências e conhecimento ao serviço da empresa, essenciais para a qualidade do trabalho e para a inovação.

No caso do colaborador, este vai sentir-se satisfeito por perceber que a empresa onde trabalha investe no seu crescimento e lhe dá oportunidades de desenvolvimento e de formação que lhe permitem progredir, o que se traduz numa maior realização pessoal e profissional e em mais motivação.

Mas o que é que os vales de educação oferecem?

Além de serem ferramentas de excelência para promover o desenvolvimento de competências e a motivação do talento, os vales sociais de educação trazem outras vantagens, tais como a flexibilidade para que o colaborador escolha as ações e locais de formação que lhe façam mais sentido e, ainda, as vantagens fiscais para a empresa e para o colaborador – isenção de TSU.

A acrescentar a isso, os vales sociais de educação permitem ainda apoiar as despesas dos colaboradores com a educação dos seus filhos, uma vez que conferem maior liquidez para ajudar a suportar estes encargos. Aliás, este é um dos benefícios mais valorizados pelo colaborador que, num cenário de inflação e de uma grande perda do poder de compra, assume um papel ainda mais importante.

Nesta área, a Edenred disponibiliza dois tipos de vales de educação – o Euroticket Creche e o Euroticket Estudante -para as empresas que queiram oferecer esta opção aos seus colaboradores. O Euroticket Creche ajuda o pagamento de serviços educativos para crianças até aos 6 anos, já o Euroticket Estudante só se destina a gastos para crianças a partir dos 7 anos, mas, ao contrário do primeiro, não tem limite de idade.

Apesar de os dois vales se destinarem à educação, têm pequenas diferenças no seu método de funcionamento. Enquanto o Euroticket Creche funciona em formato de e-voucher e tem todos os procedimentos (adesão, carregamento e processamento) 100% digitais, o Euroticket Estudante funciona como um cartão eletrónico, que é pré-carregado pela empresa e que deve ser utilizado exclusivamente pelo colaborador a quem foi atribuído.

Em ambos os casos não existe limite de valor na atribuição destes vales, ou seja, a empresa tem total flexibilidade para decidir os valores dos benefícios de cada colaborador. Além disso, estas soluções de educação são aceites em estabelecimentos públicos e privados, como creches, escolas, colégios, universidades, papelarias e livrarias, centros de formação, centros de estudos, centros de cópias, aquisição de material escolar e informático, ATL, entre outros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Apoio à educação facilita a retenção de talento nas empresas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião