Atualizar pensões em Espanha pode custar 13 mil milhões com inflação

A inflação em Espanha pode levar a encargos adicionais de 13 mil milhões de euros com as pensões indexadas ao IPC, mas estimativas vão até aos 1.800 milhões extra por cada ponto adicional na inflação.

Com a inflação espanhola a ultrapassar os 10% em junho, um recorde desde os anos 80, a Autoridade Independente para a Responsabilidade Fiscal (AIReF) espanhola veio alertar para a despesa adicional com a atualização das pensões em 2023: quase 13 mil milhões de euros, avançou esta quarta-feira o El Economista.

O acelerar do Índice de Preços no Consumidor, especialmente em maio e junho, pode ter causado um desvio de cerca de 3.500 milhões de euros na fatura extra para manter o poder de compra dos pensionistas em Espanha no ano que vem, à luz das previsões daquele organismo. Estão em causa cerca de nove milhões de pessoas.

O valor avançado pela AIReF é, contudo, uma previsão otimista. Segundo o jornal, o Banco de Espanha estima que a despesa extra com a atualização das pensões possa atingir 1.800 milhões de euros por cada ponto percentual extra na taxa de inflação, enquanto a AIReF aponta para 1.500 milhões de euros.

É um tema que também está na ordem do dia em Portugal. Em junho, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, estimou que o ajuste das pensões e reformas pode refletir uma “subida histórica”, porventura, superior a 10% nas pensões dos portugueses, com encargos para o Estado no valor de dois mil milhões de euros, ou mais. Este aumento seria o equivalente a ter mais um mês de pensões ou reformas com base nos valores deste ano, esclareceu o Chefe de Estado.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Atualizar pensões em Espanha pode custar 13 mil milhões com inflação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião