Francesa EDF procura novo CEO perante renacionalização

O atual presidente e CEO da energética francesa termina o mandato a 18 de março de 2023 e, até lá, deverá manter-se em funções.

Anunciadas as intenções do governo francês de nacionalizar a EDF, a empresa confirmou que está à procura de um novo CEO para liderar o negócio nesta nova fase.

De acordo com um comunicado emitido esta quinta-feira, “o conselho de administração da EDF tomou nota da decisão conjunta do Estado francês e de Jean-Bernard Lévy [atual presidente] de lançar o processo de sucessão do presidente e CEO da EDF”.

Embora Jean-Bernard Lévy só termine o mandato na liderança da energética a 18 de março de 2023, por atingir o limite de idade previsto nos estatutos da empresa, a EDF indicou que o gestor poderá sair mais cedo, se entretanto for nomeado um sucessor. Até lá, “irá desempenhar funções até à nomeação do seu sucessor”.

Esta quarta-feira, a primeira-ministra francesa, Elisabeth Borne, indicou que o Estado francês “pretende controlar 100% do capital da EDF“, justificando-o com a necessidade de assegurar a “soberania” perante a guerra na Ucrânia e os “desafios colossais” da atualidade.

Atualmente, o Estado detém 84% da energética e, segundo a Reuters, a compra dos restantes 16% poderá custar ao Estado francês, a preços de mercado, cerca de 5 mil milhões de euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Francesa EDF procura novo CEO perante renacionalização

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião