Membros do BCE defenderam em junho aumento das taxas superior a 25 pontos base

  • Lusa
  • 7 Julho 2022

Nas atas da reunião de 9 de junho, divulgadas esta quinta-feira, o BCE aponta que alguns membros manifestaram-se a favor de um aumento das taxas de juro em julho superior a 25 pontos base.

Alguns membros do Conselho do Banco Central Europeu (BCE) manifestaram-se em junho a favor de um aumento das taxas de juro em julho em mais de um quarto de ponto percentual, foi anunciado esta quinta-feira.

Nas atas da reunião de política monetária de 09 de junho, divulgadas esta quinta-feira, o BCE explica que “vários membros (do Conselho do BCE) manifestaram uma preferência inicial por deixar a porta aberta para um aumento maior (das taxas de juro) na reunião de julho”.

O BCE disse em junho que planeava aumentar as taxas em 25 pontos base na reunião de política monetária de 21 de julho.

O Conselho do BCE espera aumentar novamente as taxas de juro diretoras em setembro. “Se as perspetivas de inflação a médio prazo persistirem ou piorarem, um aumento maior será apropriado na reunião de setembro“, disse o BCE.

Mas as atas revelam que alguns membros do Conselho do BCE já eram a favor de um aumento maior na reunião de 21 de julho porque consideravam que o sinal que deram em junho não deveria ser visto “como um compromisso incondicional”, mas que a decisão depende dos dados da inflação.

Houve um amplo acordo no Conselho do BCE de que a porta deveria ser aberta a uma subida de mais de 25 pontos de base em setembro. “Um aumento maior seria apropriado na reunião de setembro se as perspetivas de inflação a médio prazo não tivessem melhorado até àquela altura”, de acordo com as atas.

Um aumento maior das taxas “assinalaria a intenção do Conselho do BCE de transferir a facilidade de depósito para terreno positivo, pondo fim a um período de oito anos de taxas negativas”, acrescenta o documento.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Membros do BCE defenderam em junho aumento das taxas superior a 25 pontos base

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião