Governo paga 460 euros por mês por criança para creches gratuitas

  • ECO
  • 21 Julho 2022

A medida resulta de um acordo entre Governo, União das Misericórdias e Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, anunciado no Parlamento pelo primeiro-ministro, António Costa.

O Estado vai pagar 460 euros por mês por cada criança junto das Instituições Particulares de Solidariedade Social para garantir a gratuidade das creches a partir de setembro. A medida resulta de um acordo entre Governo, União das Misericórdias e Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, anunciado pelo primeiro-ministro, António Costa, no debate do Estado da Nação.

Em declarações à edição desta quinta-feira do jornal Público (acesso pago), o líder o padre Lino Maia, presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, considerou que o valor pago “não é o desejado” embora o montante fosse “suficiente e satisfatório”.

O presidente da União das Misericórdias, Manuel Lemos, considerou a medida como “um passo importante na luta contra a pobreza” e “uma forma de permitir que todas as crianças possam ter um acesso digno a uma creche”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo paga 460 euros por mês por criança para creches gratuitas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião