Benfica defrontará Dinamo Kiev ou Sturm Graz no ‘play-off’ da Liga dos Campeões

  • Lusa
  • 2 Agosto 2022

Benfica defronta os ucranianos do Dinamo Kiev ou os austríacos do Sturm Graz no ‘play-off’ da Liga dos Campeões em futebol, caso afaste o Midtjylland na terceira pré-eliminatória, ditou o sorteio.

O Benfica vai encontrar pela quarta vez os ucranianos do Dinamo Kiev ou estrear-se face aos austríacos do Sturm Graz no play-off da Liga dos Campeões em futebol, caso ultrapasse o Midtjylland na terceira pré-eliminatória.

De acordo com o sorteio hoje realizado, os ‘encarnados’ já sabem também que, chegando à ‘antecâmara’ da fase de grupos, decidem a eliminatória no Estádio da Luz, em Lisboa, em 23 ou 24 de agosto, depois do jogo fora, em 16 ou 17.

A formação lisboeta começou da pior forma os confrontos com o Dinamo Kiev, ao perder na Ucrânia por 1-0, em encontro da ronda inaugural da primeira fase de grupos da história da principal competição europeia de clubes, na época 1991/92.

Depois de ultrapassar o Hamrun, de Malta, e os ingleses do Arsenal, de forma sensacional, com um 3-1 em Londres, após prolongamento, o Benfica caiu na capital ucraniana, num encontro marcado por uma ‘arrepiante’ lesão de Rui Águas.

Esse encontro, disputado em 27 de novembro de 1991, e decidido por Oleg Salenko, aos 30 minutos, foi, porém, o único que os ‘encarnados’ perderam com o Dinamo Kiev – também não sofreram mais qualquer golo.

O conjunto então comandado pelo sueco Sven-Goran Eriksson ‘vingou-se’ ainda em 1991/92, no jogo da quinta ronda, na Luz, ao golear por 5-0, com ‘bis’ de César Brito e Yuran, que tinha sido contratado aos ucranianos, e um tento de Isaías.

As duas equipas só se voltaram a encontrar em 2016/17, com o Benfica a impor-se duas vezes na fase de grupos da Liga dos Campeões, por 2-0 em Kiev, com tentos argentinos de Salvio e Cervi, e por 1-0 na Luz, com novo penálti de Salvio.

Os mais recentes duelos aconteceram na época passada, novamente na fase de grupos da ‘Champions’: os ‘encarnados’, comandados por Jorge Jesus, empataram a zero em Kiev e venceram em casa por 2-0, com golos do ucraniano Yaremchuk e de Gilberto.

No total, e sem confrontos a eliminar, o Benfica lidera, assim, claramente o ‘frente a frente’, com quatro vitórias, um empate e um desaire, com 10 golos marcados e apenas um sofrido.

Se poderá encontrar pela quarta vez o Dinamo Kiev, que terá de jogar em casa emprestada, fora da Ucrânia, devido à invasão da Rússia, o Benfica também tem a possibilidade de defrontar pela primeira vez o Sturm Graz.

Na sua história europeia, o Benfica já teve pela frente três equipas da Áustria, o Rapid Viena (1960/61), o Áustria Viena (1961/62 e 2006/07) e o Tirol (1971/72), e conseguiu sempre o apuramento, sem qualquer derrota (cinco vitórias e três empates).

Apenas dentro de uma semana, em 09 de agosto, com a realização da segunda mão da terceira pré-eliminatória, se saberá se o Benfica defrontará o Dinamo Kiev ou o Sturm Graz ou se será o Midtjylland a fazê-lo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Benfica defrontará Dinamo Kiev ou Sturm Graz no ‘play-off’ da Liga dos Campeões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião