Direto Europa vive situação mais perigosa desde a II Guerra Mundial, diz Stoltenberg

  • ECO e Lusa
  • 4 Agosto 2022

O secretário-geral da NATO alerta para o perigo da situação que se vive na Europa. Gazprom diz que sanções impossibilitam regresso da turbina essencial ao funcionamento do gasoduto Nord Stream.

Com o conflito entre a Ucrânia e a Rússia ainda sem fim à vista, o secretário-geral da NATO, o norueguês Jens Stoltenberg, afirma que a Europa está a viver o seu momento mais perigoso desde a II Guerra Mundial devido à guerra na Ucrânia.

“Não devemos assustar nem exagerar, mas temos de deixar claro que estamos a viver a situação mais perigosa na Europa desde a II Guerra Mundial”, disse Stoltenberg na abertura do acampamento de verão da Juventude Trabalhista em Utøya, Noruega.

Já a empresa russa Gazprom disse esta quinta-feira que as sanções aplicadas a Moscovo, devido à invasão da Ucrânia, fazem com que seja “impossível” o regresso de uma turbina, da Siemens, essencial ao funcionamento do gasoduto Nord Stream.

Numa nota, a empresa disse que “os regimes de sanções impostos pelo Canadá, União Europeia e EUA, bem como a discrepância entre a situação atual e as obrigações contratuais existentes da parte da Siemens fazem com que seja impossível a entrega” da turbina.

Nas últimas semanas os países europeus têm indicado que acreditam que Moscovo está à procura de um pretexto para atrasar o regresso da turbina e reduzir ainda mais as entregas de gás, no contexto das tensões em torno da Ucrânia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Europa vive situação mais perigosa desde a II Guerra Mundial, diz Stoltenberg

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião