Fabricantes de carros elétricos desmentem Governo no acordo com Nissan

  • ECO
  • 10 Setembro 2022

Citroën e Peugeot negam ter recebido contacto do Governo para a cedência gratuita de veículos elétricos, como resultou do acordo assinado com a Nissan. BMW alega que violaria as regras de compliance.

O primeiro-ministro e o ministro do Ambiente fazem deslocações oficiais em veículos elétricos cedidos gratuitamente pela Nissan, ao abrigo de um protocolo celebrado em 2018 que suscita dúvidas aos especialistas em Direito Administrativo no que toca ao respeito pelos princípios da concorrência e da transparência.

O Governo garante que também contactou por telefone a Citroën, a Peugeot, a Tesla e a BMW para assinar acordos semelhantes. No entanto, segundo noticia o semanário Novo na edição deste sábado, as duas primeiras marcas não têm registo de qualquer contacto, enquanto a BMW, que diz não conseguir confirmar essa informação, partilha o entendimento de que ceder veículos gratuitamente ao Governo violaria as regras de compliance.

Em 2021, a Nissan foi a marca que mais ganhou com o cheque do Estado para a compra de veículos 100% elétricos. Das 849 candidaturas de pessoas singulares que receberam o incentivo de três mil euros, 158 adquiriram automóveis da fabricante japonesa. Com carros elétricos a partir dos 29.400 euros, liderou também a compra de veículos ligeiros de mercadorias 100% elétricos no ano passado, representando 23 em 77 candidaturas apoiadas pelo Fundo Ambiental.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fabricantes de carros elétricos desmentem Governo no acordo com Nissan

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião